publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 31 Dezembro , 2019, 19:02

IMG_4007.JPG

Alinhemos na corrente que faz hábito, em final de década, de relevar os principais acontecimentos do decénio. Trata-se, como é óbvio, de uma apuração com ajuizamento subjetivo, ainda que os casos que se referem, pela sua dimensão, mereçam concordância, ao que julgamos, generalizada.

Pela nossa parte vamos fixar-nos, e a condição do “Miradouro” assim o impõe, ainda que sucintamente, em acontecimentos ligados à nossa Vila Cova.

A inauguração das novas instalações do Centro de Dia permanecerá como uma data marcante na História de Vila Cova, pelo seu significado, como uma mais valia no apoio social que é devido por todos aos que dos serviços da Santa Casa precisam.

Outro caso que merece destaque, por todas as razões que a salubridade requer, respeita à inauguração da ETAR, que suprimiu de vez os inconvenientes dos despojos que conspurcavam os ares de Vila Cova, em especial na zona de S. Sebastião.

Outro acontecimento de destaque: a criação da União de Freguesias de Vila Cova e de Anceriz, inserida na Reorganização do Território, marco importante na aproximação e progresso de localidades e da sua gestão administrativa.

Por fim uma tragédia de muito triste memória e que perdurará para sempre: o incêndio de outubro de 2017. Dele já muito se disse. Mas parece que são mais as palavras do que os atos. E a forma como a floresta está a ser tratada (ou não tratada) não augura nada de bom a um prazo que, não sendo longo, nos vai alimentando perspetivas de nova calamidade.

As alterações climáticas são uma evidência que a ciência alerta em constantes avisos. E as consequências vão sendo visivelmente catastróficas, com o desígnio, se nada de substancial for feito, de conduzirem ao fim das civilizações e ao extermínio da natureza.

Nuno Espinal     

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 29 Dezembro , 2019, 21:24

IMG_7329 (1)-001.JPG

Falemos dos “Gorgulhos”:

Formados há meia dúzia de anos, pela carolice do Silvino Lopes e da Fernanda Santana, foram, aos poucos, afirmando-se como uma valia de grande destaque na ambiência cultural do concelho de Arganil.  

Aponta-se-lhes uma particularidade especial: todos os textos das peças que interpretam têm a assinatura de Silvino Lopes.

 O casal, Silvino e Fernanda, acompanhados de Acácio, um barrilense de todo os lugares da Terra, são o naipe de atores do grupo, a que se aditam, por vezes, esporádicos voluntários, aderentes e contribuintes para a alegria e bons momentos que o grupo dedica aos espetadores.

E foi assim neste Natal. Os “gorgulhos” poisaram aqui e ali, para apresentarem uma peça alusiva à época, que fez a delícia das crianças, coladas às peripécias passadas no palco, em especial, pela interação de atores com os espetadores.

Uma peça em que o Pai Natal é raptado por um bandido que pede um milhão de prendas para o resgate. O raptor deixa uma carta em que diz que, se não lhe derem um milhão de prendas, as crianças vão ter uma surpresa muito desagradável. E assim acontece, já que as crianças acabam por receber prendas horríveis que lhes provocam as mais desagradáveis reações. Mas tudo acabará em plena harmonização e alegria, com a intervenção da famosa dupla de detetives, “Pompom & Curgete”.

Parabéns aos “Gorgulhos”. E mesmo com a parcimónia dos apoios oficiais terão cada mais admiradores que não lhes regatearão fartos aplausos.

 

Nuno Espinal

IMG_7314 (1).JPG

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 27 Dezembro , 2019, 15:48

convocatória filarmónica n.jpg

CONVOCAÇÃO

 

 

Conforme disposição estatutária, convoco a Assembleia Geral da Sociedade Filarmónica Flor do Alva, de Vila Cova de Alva, a reunir, em sessão ordinária, no edifício da sede da filarmónica, no dia 11 de janeiro, pelas 14 horas, com a seguinte

 

 

ORDEM DE TRABALHOS

 

  • Eleição dos Órgãos Sociais da Sociedade Filarmónica Flor do Alva para o Biénio 2020/2021
  • Apresentação das Contas relativas ao ano de 2019.

 

Não comparecendo número legal de sócios para que a Assembleia Geral possa reunir em primeira convocação, convoco, desde já, a mesma Assembleia Geral para reunir, em segunda convocação, no mesmo local, no mesmo dia, às 15 horas, com a mesma Ordem de Trabalhos, deliberando, então, com qualquer número de sócios presentes.

 

 

Vila Cova do Alva, em 26 de dezembro de 2019   

O Presidente da Mesa da Assembleia Geral  

Nuno Alberto Fernandes do Couto Espinal


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 27 Dezembro , 2019, 15:40

comunicado filarmonica.jpg

Em 26 de dezembro foi o Presidente da Mesa da Assembleia Geral informado, pela proponente da única lista candidata aos Órgãos Sociais da Sociedade Filarmónica Flor do Alva, Margarida Fernandes, da impossibilidade do candidato a Presidente da Direção, Antero Madeira, poder continuar a assumir a sua candidatura, por motivos, estritamente, de ordem privada.

Perante esta ocorrência, o Presidente da Mesa da Assembleia Geral invalida a única lista que recebeu como concorrente ao ato eleitoral, que tinha data marcada para 4 de janeiro, pelo que a respetiva Assembleia Geral fica sem efeito.

Nestes termos, decide o Presidente da Mesa da Assembleia Geral convocar nova Assembleia Geral e abrir novo processo de candidatura eleitoral, pelo que todo o novo processo eleitoral fica subordinado ao seguinte:

-Convoca nova Assembleia Geral de eleição dos Órgãos Sociais para 11 de janeiro, sábado pelas 14 horas;

-A lista (ou listas) candidata (ou candidatas) aos Órgãos Sociais da Sociedade Filarmónica Flor do Alva deverá (ou deverão) ser entregue (ou entregues) ao Presidente da Mesa da Assembleia Geral até ao dia 5 de janeiro;

-Logo que receba a lista (ou listas) candidata (ou candidatas) ao ato leitoral, o Presidente dará de imediato dela (ou delas) conhecimento público.

 

Vila Cova de Alva, 26 de dezembro de 2019             O Presidente da Mesa da Assembleia Geral

 

                                                    Nuno Alberto Fernandes do Couto Espinal


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 25 Dezembro , 2019, 18:32

IMG_7429.JPG

O cepo tem sido uma intermitência em Vila Cova. Anos há em que fogueia na Praça, outros nem vê-lo.

Circunstâncias há que explicam a razão de tal. Este ano, por exemplo, o mau tempo dos últimos dias pode ser uma explicação.

Mas, será mesmo esta a razão?

Ou o cepo tende a ser uma mera recordação em tempos futuros?

O que continuará, por certo, a ser uma constância é a reunião das famílias na consoada e a Missa de Natal a 25.

Missa celebrada pelo Padre Daniel Rodrigues que, entre os habituais fiéis, teve a presença de gente forasteira a qual, nesta época natalícia, se juntou aos familiares e beijou o Menino Jesus, em cerimónia que em tempos idos ocorria nas tão recordadas Missas do Galo.

Que saudades desses natais!...

 

Nuno Espinal

IMG_7436.JPG

IMG_7440.JPG

IMG_7445.JPG

IMG_7439.JPG

IMG_7449.JPG

IMG_7450.JPG

IMG_7443 (1).JPG

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 24 Dezembro , 2019, 17:52

dDrz8X7.jpg

Aleluia! Finalmente chegou! Temos de novo televisão, internet e telefone fixo!

Desde quinta-feira, era já noite, e népia. A situação arrastou-se até hoje de manhã.

Veio e com desígnios de ficar. Assim esperamos, já que o tempo parece dar, por estes dias, acalmias.

Mas, a fibra tecnológica da MEO, vulnerável às intempéries da invernia, com os consequentes tombo de árvores e derrocadas, pifou em alguns sítios, e este dezembro já nos deixou privados de áudio visuais durante nove dias.

Como é natal, vamos dar tréguas e deixar os queixumes e azedumes para outro dia.

Pensamento positivo em dia de consoada e com a apologia ao pacifismo de Cristo.

A propósito da “fibra”, e que me perdoem os mais cândidos, aqui vai uma brejeirice.

Por estes dias, numa das urbes cá do sítio, um amante da ramboiada, já cinquentão, numa jantarada de bons sabores, e com uns copitos a soltarem-lhe o vocabulário, abraçou uma jovem, de curvas bem torneadas, e exclamou tonitruante: “que se lixe a “fibra”, viva a “febra”!

E já com o breve abraço desfeito, atacou um bom naco de carne e etilicamente esfusiante comentava: “agora a febra é outra--- e esta também é de estalo!”

Houve gargalhada geral e ninguém levou a mal. Afinal, não é Natal?

 

Nuno Espinal

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 20 Dezembro , 2019, 07:29

IMG_4008.JPG

O almoço/convívio que já amanhã se realiza no Salão da Casa do de Vila Cova foi apelidado pelo seu organizador, o Executivo da União de Freguesia, de “almoço solidário”.

Ora, para que a expressão “solidário” tenha um sentido mais objetivo e com mais realce, o referido Executivo aceitou uma proposta no sentido de a solidariedade incidir sobre um tema de cariz ecológico: “em defesa da vida e do planeta”.

Aplaude-se a ideia, que respeita a um tema de grande premência e atualidade.

 

Nuno Espinal


publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 17 Dezembro , 2019, 02:24

20191214_141526.jpg

Mais um convívio, desta vez dos dirigentes da Santa Casa com os utentes.

Convívio habitual nesta quadra natalícia e que com base num almoço, realizado e confecionado nas instalações do Centro de Dia, conta sempre com convidados do espaço geográfico da nossa Instituição Autárquica.

Foi assim que estiveram representadas a União de Freguesias, através de Paulo Amaral e João Gonçalves e outras Instituições das localidades de Vila Cova, Anceriz, Casal de S. João e Vinhó.

Presente, ainda, o Padre Daniel Rodrigues, como representante da Diocese e ligado à Santa Casa pelos vínculos ancestrais da Igreja com as Misericórdias.

O Provedor da nossa Santa Casa, Dr. Nuno Espinal, fez uma alocução em que salientou o papel das trabalhadoras da Instituição, “verdadeiros alicerças de toda a estrutura de apoio social” e, dirigindo-se aos utentes, garantiu-lhes que “o objetivo de todos, dirigentes e trabalhadoras, é uma constante intenção da melhoria da qualidade de serviços que lhes são prestados. E isso tem sido atingido, com um crescendo que torna a nossa Santa Casa um modelo de referência e excelência”.

Estiveram ainda nesta confraternização antigas trabalhadoras da Instituição, a quem o Provedor se dirigiu particularmente, referindo-lhes que a sua postura, disciplina, competência e entrega profissionais foram marcantes e serão sempre um exemplo.

O convívio terminou com a entrega de presentes aos utentes, ofertados pela Santa Casa.

 

Mónica Ferreira

20191214_130932 (1).jpg

IMG_7309.JPG

IMG_7311 (1).JPG

IMG_7312 (1).JPG

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 15 Dezembro , 2019, 21:35

IMG_7286.JPG

Uma vez mais, seguindo um costume típico da época natalícia, dirigentes, funcionárias da Santa Casa de Misericórdia de Vila Cova, e respetivas famílias, reuniram-se num convívio natalício, em jantar que foi servido pelo restaurante “Grelha” de Arganil.

Boa disposição e conversas animadas foram ingredientes comprovativos de um espírito de grande unidade que se vive na Instituição Santa Casa.

Isso mesmo foi realçado pelo Dr. Oliveira Alves, Presidente da Mesa da Assembleia Geral, que teceu, na sua intervenção, elogios aos superiores préstimos das trabalhadoras da Instituição, bem dirigida pelo Provedor, Dr. Nuno Espinal.

A confraternização terminou com a entrega de presentes, oferecidos pela Santa Casa a trabalhadoras e seus filhos.

 

Mónica Ferreira

IMG_7284 (1).JPG

IMG_7292.JPG

IMG_7298.JPG

IMG_7302.JPG

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 14 Dezembro , 2019, 17:00

20191210_121321x.jpg

Há sorrisos e uma alegria que transcendem nos períodos de natal.

Isso mesmo é notório no nosso Centro de Dia, por uma animação que se instala, bem percetível nas partilhas entre utentes e funcionárias nas tarefas decorativas que o natal sugere e até reclama.  

E aí estão presépio, árvore de natal, luzinhas, ornamentações coloridas… a festa!

 

 

Nuno Espinal

IMG_7283.JPG

20181207_144158 (1).jpg

20191205_152508 (1).jpg

20191210_150934(1) (2).jpg

20191206_140814-001.jpg

 


comentários recentes
Muito bem! Gostei. Contudo falta referir muitos pe...
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
Dezembro 2019
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12

16
18
19
21

22
23
26
28

30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds