publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 24 Junho , 2019, 19:57

IMG_6815.JPG

Vá lá! A chuva, finalmente, deu tréguas e a Flor do Alva pôde apresentar o seu concerto sem aparentes constrangimentos.

Com os aplausos bem merecidos, a Filarmónica, ainda que desfalcada, já que atuou em dia de trabalho, apresentou um repertório de peças musicais variadas nos estilos, com uma interpretação segura, que prendeu a atenção dos muitos espetadores presentes na Praça.

Para dar mais ênfase ao sentido popular desta festa, uma sardinhada marcou o quase fim de festa.

E o quase tem a ver com uma foguetada, troada de engenho que as modernices inventaram, mas ainda assim, a recordar tempos antigos e a assinalar o fim definitivo deste S. João, algo molhado, de 2019.

Parabéns aos mordomos. Merecem nota alta pelo esforço e desempenho, em condições que a chuva tanto dificultou.

 

Nuno Espinal

IMG_6812.JPG

IMG_6817.JPG

IMG_6819-001.JPG

IMG_6823.JPG

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 24 Junho , 2019, 12:28

IMG_6808.JPG

A chuva parecia amainar e a Procissão ainda se aventurou e percorreu alguns metros. Mas, mal saída do Adro, foi aspergida por uma chuva pouco benta para a sua concretização. E assim, cortou, em plena Rua Direita, à Praça, retornando, em passo apressado, à Igreja.

Outro ato, parcialmente falhado, deste S. João 2019. Um tempo cinzentão, outonal, que teima em não descolar. Haja esperança para a tarde que se aproxima.

 

Nuno Espinal

IMG_6802-001.JPG

IMG_6810.JPG

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 24 Junho , 2019, 00:13

65303543_10157522616934309_6804216833911029760_n.jpg

Custou ver!

Era suposto uma boa enchente no recinto da Praça, na presunção de que a noite, já em pleno verão, ofereceria as condições para que o pessoal reinadio comparecesse à festa.

Mas, a noite de domingo, antecedente ao dia de S. João, foi desoladora. A chuva, ainda que miudinha, que ganhou fôlego durante a tarde, não deixou de borrifar a noite.

Poucos foram os que se atreveram a uma caminhada até à Praça e o vazio do recinto tornou-se confrangedor.

Os mordomos não mereciam tal maldade do tempo, como não a mereciam todos os que aproveitam estas datas para se divertirem.

Nada a fazer, ainda que a noite de sábado tenha sido bem diferente, já que o recinte da festa se encheu de gente.

Resta esperar o dia de amanhã, conquanto as previsões meteorológicas não sejam muito animadoras.

Fica a esperança de que o S. Pedro se contemporize com o S. João.

A ver vamos.

 

 

Texto: Nuno Espinal

Fotos: Bruno Santos

IMG_6796.JPG

s joao 3.jpg

IMG_6798-001.JPG

s joao 2.jpg

 


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Junho 2019
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
15

17
19
20
22

23
25
26
27
29



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds