publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 07 Maio , 2019, 22:49

Scan-001.jpg

Isabel Duarte assinou uma peça, no “Diário de Coimbra”, com o título “Santa Casa de Vila Cova inaugura obras no Centro de Dia”, que passamos a transcrever:

 

Os utentes do Centro de Dia da Santa Casa de Misericórdia de Vila Cova de Alva têm “melhores condições”, depois das obras de ampliação e remodelação, inauguradas domingo. Orçada em 320 mil euros, a empreitada só foi possível graças à doação de um terreno, de José Pedro Leitão, e do Fundo Rainha Dona Leonor, que apoiou em 40%, cerca de 136 mil euros, sendo o restante suportado pela Misericórdia. O município de Arganil também deu o seu contributo, apoiando a construção de uma pala, na parte frontal, com 10 mil euros.

A principal rua de acesso ao Centro de Dia, também foi calcetada, uma obra da responsabilidade da União de Freguesias e inaugurada na ocasião.

“Temos excelentes relações institucionais de colaboração” frisou Nuno Espinal, provedor da Misericórdia, no almoço comemorativo. “A requalificação da rua Bento Suzano é uma prova inequívoca de solidariedade com a Santa Casa” disse.

Elencando algumas obras efetuadas, justificou a ampliação e remodelação do Centro de Dia com a vontade de aumentar a “qualidade de serviços” prestados. Satisfeito por ver concretizada uma obra há muito ansiada, Nuno Espinal agradeceu àqueles que tornaram esse sonho possível, designadamente, o então Presidente da Câmara de Arganil, Ricardo Pereira Alves, que sugeriu o pedido de apoio ao Fundo Rainha Dona Leonor, José Pedro Leitão que doou o terreno, o município de Arganil, que doou os 10 mil euros e Luís Paulo Costa, presidente do município, pelo empenho na agilização de todo o processo burocrático”.

O autarca local, Paul Amaral, destacou a sensibilidade e resiliência do provedor para dotar a União de Freguesias de “melhores condições para o apoio aos mais idosos”. “É nossa obrigação reconhecer o seu trabalho e dedicação ao longo destes quase vinte anos, vemos obra, com equipamentos de excelência”.  Sobre a requalificação da Rua Bento Suzano, explicou que “o acesso em nada dignificava esta área” o que levou a União de Freguesias a “calcetar o pavimento e colocar cerca de 90 metros de corrimão, para proteção de quem ali passa”.

José Oliveira Alves, presidente da assembleia geral da Santa Casa, enalteceu a competência e capacidade de gestão” de “uma instituição credível, respeitada, transparente e sustentável” e elogiou a coragem e persistência de Nuno Espinal., que vai dar o nome à sala de convívio do Centro de Dia, evocando aquele, que foi, até hoje, o maior provedor da Santa Casa”.

Luí Paulo Costa, autarca de Arganil, afirmou que o concelho tem “uma rede brilhante de instituições, que prestam diariamente um serviço essencial às populações” e enalteceu o trabalho de Nuno Espinal

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 07 Maio , 2019, 22:40

Scan.jpg

Com o título “Centro de Dia de Vila Cova de Alva” ampliado e remodelado”, a jornalista Lurdes Gonçalves é autora de uma peça publicada no “Diário As Beiras” e que transcrevemos no Miradouro:

 

Garantindo as “melhores condições de conforto” aos seus utentes, a Santa Casa de Misericórdia de Vila Cova de Alva procedeu a ampliação e remodelação do Centro de Dia – obras que forma inauguradas no passado domingo – a par da renovação da principal rua de acesso ao Centro de Dia, que foi calcetada, numa da responsabilidade da União de Freguesias de Vila Cova de Alva e Anceriz.

A beneficiação do Centro de Dia representou um investimento de 320 mil euros, contando com o apoio do Fundo Rainha Dona Leonor, que comparticipou a obra em 40% do total, contribuindo com cerca de 136 mil euros,

Benemérito local doou parcela de terreno

O terreno que permitiu a referida ampliação foi doado por José Pedro Leitão. Por seu lado o Município de Arganil concedeu uma verba de 10 mil euros, aplicado numa pala da parte frontal do edifício, cabendo à Misericórdia custear a verba restante. Congratulando-se com as “excelentes relações institucionais de colaboração” que a Misericórdia tem tido com as diversas entidades, o Provedor Nuno Espinal, destacou a requalificação da Rua Bento Suzano.

Fazendo também referência a outras obras levadas a efeito pela Misericórdia – como a remodelação do edifício então existente, a criação da Casa Mortuária, a cobertura da ribeira e os muros de suporte ao Centro de Dia, houve “empenho na agilização de todo o processo burocrático, que implica a licença de utilização do edifício do Centro de Dia”.

Reconhecimento de duas décadas de dedicação 

Paulo Amaral, presidente da União de Freguesias de Vila Cova de Alva e Anceriz, dirigiu-se ao provedor da Misericórdia de Vila Cova de Alva, mostrou-se satisfeito pela sua “sensibilidade e resiliência” defendendo que “é nossa obrigação reconhecer o seu trabalho e dedicação ao longo destes quase 20 anos à frente dos destinos da Santa Casa da Misericórdia”.

O Presidente da Câmara de Arganil, Luís Paulo Costa, declarou que “a obra inaugurada é essencialmente fruto da sua persistência e entusiasmo, resultado de muito trabalho e esforço desta instituição, mas também do Fundo Rainha Dona Leonor.

 


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Maio 2019
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
15
16
18

19
21
22
23
24
25

27
28
30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds