publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 03 Abril , 2019, 01:03

 

IMG-20190331-WA0002.jpg

Começou bem o Vilacovense neste jogo que disputou com o Alvoco, tendo mesmo encostado às cordas esta equipa, o que lhe valeu, como corolário, um golo justíssimo relativamente ao que se tinha passado no campo.

Após o golo o Vilacovense baixou de rendimento, ainda que tenha tido oportunidades de aumentar o seu score. Não marcou, e como se diz na gíria do futebol, quem não marca arrisca-se a sofrer. E foi o que aconteceu, com o golo do Alvoco a empatar a partida, resultado com que acabou a primeira parte.

Na segunda parte o Vilacovense esteve bem e até conseguiu marcar um golo. Mas, aconteceu o mais do mesmo. O fiscal de linha assinalou um fora de jogo que só ele terá visto. Ou até nem viu, mas…

Fiquemos com a esperança de que os responsáveis do INATEL revejam todo o processo que envolve a arbitragem e criem um mecanismo que possa classificar os procedimentos, em jogos, dos senhores a quem é dado o julgamento das regras do futebol de onze.   Em especial que não permitem que homens já com certa idade e sem estofo físico possam ser árbitros, por falta de condições para acompanharem as jogadas.

Com este jogo o Vilacovense dá por encerrada a sua participação nesta competição, ficando classificado em 5º lugar, abaixo das expetativas criadas.

Uma equipa com muito bons jogadores, mas que acusaram falta de entrosamento, o que explica o seu atribulado início do campeonato, em que, surpreendentemente, foram castigados com três derrotas. Esperemos que na próxima época se mantenham todos ou quase todos os jogadores desta época o que nos leva à convicção de que a equipa possa lutar pelo primeiro lugar.

 

Ficha Técnica:

 

Guarda Redes: Luís Tavares;

Defesas: David Lourenço (substituído por Luís Chainho aos 60 minutos), Luís Cruz, Mário Reis e Pedro Figueiredo (substituído aos 40 minutos por Diogo Pinheiro);

Médios: Marco Paulo, Marco Gonçalves (substituído por Gonçalo Lobo aos 70 minutos), Tiago Jesus (substituído aos 50 minutos por Renato Reis), Lucas Vargas (substituído por Luís Garcia aos 55 minutos) e Bruno Santos (capitão, substituído aos 25 minutos por Ricardo Morgado);

Avançado: Tiago Nunes (substituído aos 30 minutos por Raul Bento)

 

Equipa Técnica:  Gonçalo Lobo

Massagista: Fernando Figueiredo

Delegado: José Santos

 

 

Bruno Santos

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 01 Abril , 2019, 23:24

É costume do Miradouro “brincar” no primeiro de abril, arquitetando uma mentirola que não ultrapasse os limites da civilidade.

Ao longo destes nossos anos de existência temos engendrado umas notícias mentirosas no dia 1 de abril, algumas mais consistentes do que outras, com o propósito de fazer levar o leitor à sua credibilidade. Acontece até que, no primeiro momento de leitura, são muitos os leitores que enfiam a carapuça e outros enfiam-na mesmo até ao nosso desmentido.  

A mentira deste ano relaciona-se com o casamento da nossa Técnica de Ação Social, casamento que não se realizou, nem nunca esteve para se realizar, muito menos nos termos e com os personagens citados. Tudo fictício. A nossa Dra. Mónica Ferreira continua solteira, sem que se vislumbre, para já, que proximamente venha a dar o nó.   

E pronto! Brincámos e pensamos que quem na esparrela caiu acabe por se rir como eu já me ri dos enganos, do primeiro de abril, em que fui apanhado.

Desmentido feito, prossegue o Miradouro na sua função informativa, formativa e cultural, mas sempre na senda da verdade.

 

Nuno Espinal


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 01 Abril , 2019, 17:18


IMG_5916 (1) (1).JPG

A família da Casa do Convento, em Vila Cova, tem todos os motivos para não mais esquecer a data do dia de hoje: 1 de abril.

É que nasceu o Luís Abranches Castro Carvalho, filho do Dr. João Abranches Carvalho e da Dra. Juliana Castro, ambos médicos em Santa Maria da Feira.

Aos pais os meus (nossos) muito afetuosos Parabéns.

Mas, a avó, a minha amiga Dra. Margarida Figueiredo, merece-me (merece-nos) uma saudação de congratulações porque lhe reconhecemos a felicidade.  

Percebi hoje, quando a contactei, quão babada estava. Obviamente…

Mas, neste momento, tão especial para os “Figueiredo”, uma referência muito sentida à bisavó, a Sra. Dª. Natália.

Uma senhora muito especial que será para o Luís, estou certo disso, um exemplo de vida.

 

Nuno Espinal


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 01 Abril , 2019, 00:43

IMG_2584 (1).JPG

Casou-se ontem, domingo, por registo civil, em Viseu, a Dra. Mónica Ferreira, nossa Técnica de Ação Social.

Ainda que alguma discrição tenha envolvido o casamento, não obstou a que a Dra. Mónica Ferreira tenha acedido a que o Miradouro noticiasse o seu matrimónio, com a condição de ser revelado após a concretização do ato de registo.

O noivo, Engenheiro Luís Cordeiro Santos Mata, de 32 anos, é empresário em Seia de uma indústria de curtumes, que gere com seu pai.

O copo de água foi servido numa quinta dos pais do noivo, nos arredores de Seia, num ambiente, ao que nos revelou a noiva, muito familiar.

Publicaremos fotos do casamento, logo que a ela tenhamos acesso, de acordo com o prometido pela própria noiva.

Aos noivos e com especial carinho à Dra. Mónica, desejamos as maiores felicidades.

 


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Abril 2019
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12
13

14
18

23
26
27

28
29


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds