publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 03 Abril , 2019, 01:03

 

IMG-20190331-WA0002.jpg

Começou bem o Vilacovense neste jogo que disputou com o Alvoco, tendo mesmo encostado às cordas esta equipa, o que lhe valeu, como corolário, um golo justíssimo relativamente ao que se tinha passado no campo.

Após o golo o Vilacovense baixou de rendimento, ainda que tenha tido oportunidades de aumentar o seu score. Não marcou, e como se diz na gíria do futebol, quem não marca arrisca-se a sofrer. E foi o que aconteceu, com o golo do Alvoco a empatar a partida, resultado com que acabou a primeira parte.

Na segunda parte o Vilacovense esteve bem e até conseguiu marcar um golo. Mas, aconteceu o mais do mesmo. O fiscal de linha assinalou um fora de jogo que só ele terá visto. Ou até nem viu, mas…

Fiquemos com a esperança de que os responsáveis do INATEL revejam todo o processo que envolve a arbitragem e criem um mecanismo que possa classificar os procedimentos, em jogos, dos senhores a quem é dado o julgamento das regras do futebol de onze.   Em especial que não permitem que homens já com certa idade e sem estofo físico possam ser árbitros, por falta de condições para acompanharem as jogadas.

Com este jogo o Vilacovense dá por encerrada a sua participação nesta competição, ficando classificado em 5º lugar, abaixo das expetativas criadas.

Uma equipa com muito bons jogadores, mas que acusaram falta de entrosamento, o que explica o seu atribulado início do campeonato, em que, surpreendentemente, foram castigados com três derrotas. Esperemos que na próxima época se mantenham todos ou quase todos os jogadores desta época o que nos leva à convicção de que a equipa possa lutar pelo primeiro lugar.

 

Ficha Técnica:

 

Guarda Redes: Luís Tavares;

Defesas: David Lourenço (substituído por Luís Chainho aos 60 minutos), Luís Cruz, Mário Reis e Pedro Figueiredo (substituído aos 40 minutos por Diogo Pinheiro);

Médios: Marco Paulo, Marco Gonçalves (substituído por Gonçalo Lobo aos 70 minutos), Tiago Jesus (substituído aos 50 minutos por Renato Reis), Lucas Vargas (substituído por Luís Garcia aos 55 minutos) e Bruno Santos (capitão, substituído aos 25 minutos por Ricardo Morgado);

Avançado: Tiago Nunes (substituído aos 30 minutos por Raul Bento)

 

Equipa Técnica:  Gonçalo Lobo

Massagista: Fernando Figueiredo

Delegado: José Santos

 

 

Bruno Santos

 


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Abril 2019
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12
13

14
18

23
26
27

28
29


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds