publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 20 Dezembro , 2018, 07:58

IMG-20181216-WA0000.jpg

Vitória indiscutível do Vilacovense, que aos poucos vai recuperando pontos e subindo na tabela, apesar de em certos resultados ter sido afetado por arbitragens tendenciosas e por vezes, falta de sorte.

Neste jogo a nossa equipa encostou o Sangianense ao seu último reduto, falhando oportunidades de golo, uma delas protagonizada pelo nosso avançado Renato que não ultrapassou isolado o guarda redes adversário e uma outra quando de um estrondoso remate de Lucas Vargas ao poste da baliza onze de São Gião.

De salientar a estreia do novo equipamento do Vilacovense, oferecido por José António de Anceriz, em nome da sua empresa “Aktualemoderna” e pela empresa “Mota Carvalho” de Rui Carvalho. Esta oferta ditou, desde logo, o reconhecimento da Direção do Vilacovense que publicamente agradece o gesto de boa vontade destes patrocinadores.

No seu próximo jogo, em 6 de janeiro, a equipa do Vilacovense, desloca-se a Alvoco de Várzeas, onde defrontará, na última Jornada da primeira Volta do Campeonato Distrital do Inatel, a equipa local pelas 15 horas.

Ficha técnica:

Guarda Redes: Luís Tavares;

Defesas: David Lourenço, Mário Reis (Capitão); Fábio Santos (Tiago Nunes aos 75 minutos) e Diogo Pinheiro.

Médios: Ricardo Morgado, André Marques (Luís Pedro aos 50 minutos), Marco Gonçalves; Luís Garcia (Luís Chainho, aos 65 minutos) e Lucas Vargas (Pedro Figueiredo, aos 60 Minutos);

Avançado: Renato Reis.

Suplentes: Luís Chainho, Pedro Figueiredo e Luís Pedro.
Equipa Técnica: Gonçalo Lobo e Bruno Alexandre Santos.

Massagista: Fernando Figueiredo.

Delegado: José Santos.

 

Bruno Santos

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 20 Dezembro , 2018, 07:29

IMG_5853.JPG

Nas andanças da vida, o protagonismo ou existe por ordem óbvia da afirmação do mérito de cada um ou emerge pelo chico-espertismo, tão arreigado na sociedade portuguesa.   

Mas há os que anónima e voluntariamente se entregam a uma participação muito ativa em prol da comunidade, sem que luzes da ribalta os enfoquem.

É o caso de um grupo de senhoras que, com um superior sentimento solidário, se entregou a uma tarefa que se saldou por um prestimoso contributo no almoço comunitário de sábado: o simples, mas imprescindível descascar de batatas.

São elas as senhoras: Judite Ribeiro, Manuela Pais, Lucília Pais e Manuela Gaspar

Um gesto que se releva e que tanto escasseia nestes tempos, em que a comunhão comunitária já não é o que já foi.

Para elas o nosso reconhecimento e aplauso.

 

Nuno Espinal


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Dezembro 2018
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
15

18

27
28

31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds