publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 14 Dezembro , 2018, 08:33

ll (1).jpg

Sempre me fascinaram os presépios. E quanto mais simples mais me fascinam. Mesmo com as incoerências e os desajustes históricos que revelam. Como um, de um Pai Natal a descer por uma parede e com um saco carregado de presentes para o Menino Jesus. Entre eles um computador.  

Mas, repito: os presépios fascinam-me. Transmitem-me na sua simplicidade um sentimento de saudade, um sentimento de ternura.

Eis, na foto, o do Centro de Dia.  Obra das trabalhadoras do Centro, a desafiar as leis das proporções e dimensões normais. Os cascos dos camelos quase do tamanho das casas! Sorri. Lindo! - comentei. E, juro, com um assomo de comoção até.

Nuno Espinal


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Dezembro 2018
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
15

18

27
28

31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds