publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 29 Novembro , 2018, 23:17

coimbra-151.jpg

O tempo passa a correr. E parece que mais corre quanto mais a idade avança. Que o digam os da “Malta”. Ainda não há muito se dizia: “O almoço? Calma, ainda faltam dois meses…”

E de repente, paf! Estamos em cima dele. A pouco mais de uma semana. Nem mais: oito dias!

Pois é, é já no dia 8 que nos vamos encontrar. Ponto de Encontro: o parque de estacionamento da velhinha estação “Coimbra B”. Não se atrasem e anotem: Encontro às onze e meia da manhã.

Lá estaremos todos, com abraços e sorrisos e o tagarelar de velhas e novas “estórias”.

Depois, carros em marcha, rumo ao Côta, em Penacova, onde a típica “miscarada” nos espera.

Então, até sábado, dia 8.

 

Nuno Espinal e Zé Artur Leitão


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 28 Novembro , 2018, 21:54

Cantares-de-Natal-e-Janeiras-na-Aldeia-vfinal.jpg

“Cantares de Natal e Janeiras na Aldeia” é uma iniciativa da Câmara Municipal de Arganil que pretende evocar uma das mais apreciadas e expressivas tradições associadas à quadra Natalícia. Entoando o espírito de harmonia característico do Natal, as Tunas do Concelho prometem levar alegria, boa disposição e um contacto privilegiado com a Cultura às populações locais das Juntas/Uniões de(as) Freguesia(s) mais distantes da sede do concelho.
Esta iniciativa cumpre, uma vez mais, o objetivo do Município de Arganil descentralizar a oferta de atividades culturais, proporcionando o seu acesso a públicos distintos e impossibilitados de se deslocar.
Os primeiros acordes das violas serão ouvidos já no próximo dia 16 de dezembro, em Benfeita e Cepos. Seguem-se Pombeiro da Beira e Pomares, no dia 30 de dezembro, e Vila Cova de Alva e Piódão encerram a iniciativa em 06 de janeiro, comemorando o Dia de Reis. Todos os espetáculos têm início marcado pelas 15h30m.
Com o mote de reviver memórias, a Câmara Municipal de Arganil celebra assim as tradições mais intrínsecas do Concelho.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 28 Novembro , 2018, 12:43

20181125_150924-002.jpg

 

Boa partida do Vilacovense, que jogou taco a taco com o Bobadela, em campo teoricamente muito difícil para qualquer equipa.

O Vilacovense melhorou substancialmente na segunda parte, fruto das alterações feitas pelo seu treinador, tendo estado sempre por cima do jogo.

Já perto do termo do jogo, aconteceu o habitual “mais do mesmo”: um erro crasso da equipa de arbitragem que não puniu uma falta clara do guarda redes da equipa adversária dentro de grande área, quando derrubou um jogador do Vilacovense que ia isolado em direção à baliza,

O árbitro não marcou a respetiva grande penalidade, tendo antes optado por um livre fora da área e não procedeu à expulsão do guarda redes da Bobadela.

O medo continua nos campeonatos do Inatel, com árbitros muito fraquinhos, mas protagonistas em grandes jogos.

O próximo jogo do Vilacovense será disputado dia 16 de dezembro contra a equipa de São Gião, na 7ªJornada do Campeonato Distrital do Inatel, pelas 15 Horas.

 

Constituição da equipa:

 

Guarda Redes: Luís Tavares (Paulo Henriques aos 40 minutos);

Defesas: Pedro Figueiredo (Raul Bento aos 45 minutos), Mário Reis (capitão); Nuno Cruz e Diogo Pinheiro;

Médios: Ricardo Morgado, André Marques (Luís Chainho aos 65 minutos), Marco Gonçalves, David Lourenço e Lucas Vargas;

Avançado: Luís Garcia.

 

Equipa Técnica: Gonçalo Lobo e Bruno Alexandre Santos;

Massagista: Fernando Figueiredo;

Delegado: José Santos.

 

Bruno Santos

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 26 Novembro , 2018, 20:49

A reforma cartaz ok.jpg

No próximo sábado, dia 1 de dezembro, no palco do Teatro Clube de Alpedrinha, pelas 21h30, “Os Gorgulhos/Teatro Na Serra” levarão à cena a peça “Se calhar não é chá”.

Antes de iniciarem a sua peça de natal, o grupo desloca-se a Alpedrinha, perto do Fundão onde, certamente, irá divertir o público com o teatro que se vai fazendo por estas nossas bandas.

Esta comédia, em tom de revista, que “Os Gorgulhos” estrearam este ano, terá a sua última representação em 2018, precisamente nesta digressão, retomando em 2019.

Entretanto, e já a partir de 6 de Dezembro, “Os Gorgulhos” terão em cena a sua peça de natal para este ano, “A reforma do Pai Natal” que, ao estilo da do ano passado, promete muito riso e muita alegria para todos os espectadores, por se tratar de um espetáculo dinâmico e interativo, alusivo à quadra e destinado a toda a família.

É ainda de realçar que a peça de natal terá uma versão própria para Vila Cova de Alva, onde contará com a presença em palco de habitantes da nossa união de freguesias que, com entusiasmo, aderiram a esta iniciativa e que, pela primeira vez, irão vestir a pele de atores, numa experiência que se prevê hilariante.

Fica aqui o calendário dos “Gorgulhos” para dezembro.

 

Se calhar não é chá”

Dia 1/12 – Alpedrinha – 21h30 (Teatro Clube de Alpedrinha)

 

“A reforma do Pai Natal”

Dia 6/12 – Arganil – 21h00 (Biblioteca Miguel Torga)

Dia 8/12 – Anceriz – 16h00 (Liga Melhoramentos)

Dia 14/12 – Lourosa – 15h00 (Escola)

Dia 15/12 – Vila Cova de Alva – 15h30 (Casa do Povo)

Dia 16/12 – Travanca de Lagos – 16h30 (Liga)

Dia 19/12 – São Pedro de Alva – 19h30 (local a definir)

Dia 20/12 – Barril de Alva – 15h00 (Casa do Povo)

 

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 23 Novembro , 2018, 13:21

46508511_705422233172597_5629372798318149632_n-001.jpg

Para aguçar o apetite dos da “Malta” e pôr todo o nosso sistema gustativo já em rebuliço, o António Simões enviou-nos esta foto, com grande realce realista, já que foi obtida no Restaurante “Côta”, em Penacova, restaurante que nos proporcionará esta iguaria, já inscrita nos almoços de Natal de Coimbra da Malta.

Lá estaremos todos, dia 8 de dezembro, nesta grande jornada de confraternização, com olhadelas ao Mondego em fundo, já abraçado pelas águas do Alva.

 

Nuno Espinal

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 23 Novembro , 2018, 12:29

Almoço Natal-01 (4).jpg

É já no próximo dia 15 que a nossa União de Freguesias põe à disposição de todos os seus Fregueses a possibilidade de poderem usufruir de bons momentos de confraternização, unidos pelo espírito de Natal, a pretexto de um Mega-Almoço que, em coerência com a época que atravessamos, terá, como protagonista, o tão lusitano prato de bacalhau cozido com batatas e grelos, com uma boa rega de azeite.

A compor e a dar mais realce a esta confraternização, o Grupo de Teatro “Os Gorgulhos” apresentará uma peça de Natal, com atores e figurantes voluntários na arte de representar.

 

Nuno Espinal

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 19 Novembro , 2018, 14:40

IMG_5811.JPG

Em hora de jogo da seleção de futebol e de outros acontecimentos que ocorriam em Arganil, ainda assim o Auditório da Cerâmica registou uma afluência de público que ultrapassou as mais otimistas expetativas, facto que é demonstrativo do nome e imagem que os “Gorgulhos” vão granjeando.

Isto mesmo foi reconhecido pela Vereadora da Cultura, Dr.ª. Paula Dinis, que manifestou uma grande admiração por este grupo teatral, o que leva a indiciar que “Os Gorgulhos” têm já um estatuto garantido como representantes culturais de excelência no concelho de Arganil.

E é justo que assim seja, já que os Gorgulhos têm registos, na sua “performance” que, por aparência, são de verdadeiros profissionais.

Bom naipe de atores, com constância representativa em palco, o que revela uma noção, porventura dirigida (ou mesmo que espontânea), do que deve ser a arte de representar.

Na peça, “se calhar não é chá…”, como em todas as que têm sido representadas pelo grupo, há a realçar a disposição minimalista, mas de simbologia necessária e suficiente, de adereços, a criarem o cenário adequado a pequenos palcos, perante a exiguidade de recursos próprios.

Outro pormenor: o jogo de luzes sóbrio e harmónico, intencionalmente divisor dos vários episódios que se vão sucedendo.

E como realce de destaque, o facto de todos os textos das peças dos “Gorgulhos” terem como autor o próprio Silvino Lopes, que chega a ser surpreendente na criatividade e versatilidade nos temas do género comédia, típico da sua própria idiossincrasia.

Parabéns aos nossos “Gorgulhos Silvino Lopes, Fernanda Santana, Vera Filipa e Acácio Simões.

 

Nuno Espinal

gorg 052.JPG

IMG_5677 (1).JPG

IMG_5702.JPG

IMG_5723-001.JPG

IMG_5660 (1).JPGIMG_5746 (1).JPG

IMG_5811 (1).JPG

 

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 18 Novembro , 2018, 12:09

IMG_5635 (1).JPG

O cerimonial religioso, presidido pelo Sr. Padre Daniel Rodrigues, que consagrou mais um ano de existência da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Vila Cova de Alva e em que se evocou a memória de todos os Irmãos já falecidos desta Instituição, realizou-se no sábado, na Igreja do Convento.

Como é tradicional, realizou-se ainda uma Procissão, cujo percurso se delimitou entre o átrio de entrada da Igreja o patamar sequente da escadaria que se prolonga até à estrada.  

Nuno Espinal

IMG_5643 (1).JPG

 

 

IMG_5639 (1).JPG

IMG_5640 (1)-001.JPG

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 17 Novembro , 2018, 09:48

Estão marcadas para os dias 1 e 2 de dezembro as Assembleias Gerais, respetivamente, da Irmandade da Santa Casa e da Sociedade Filarmónica Flor do Alva, que irão discutir e deliberar sobre os orçamentos previstos para 2019.

A convocatória da Irmandade da Santa Casa tem ainda como ponto da Ordem de Trabalhos a deliberação sobre a assunção por parte da Instituição dos serviços prestados a utentes da IPSS de Anceriz.

As Assembleias têm hora marcada de 1ª. convocação às 14 horas.

convocação.jpg

0001(2)-001.jpg

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 14 Novembro , 2018, 23:39

SAM_1689(1).JPG

Na passada segunda feira realizou-se o tradicional magusto com os utentes do Centro de Dia, e alguns elementos da direção.

Devido às condições climatéricas dos dias anteriores não foi possível realizar o magusto no exterior com a caruma, como manda a tradição.

Ao som de música popular portuguesa, comeram-se as castanhas e bolos de abóbora, acompanhados por bebida, onde a jeropiga marcou presença.

Mónica Ferreira

SAM_1682(1) (1).JPG

SAM_1691(2) (1).JPG

 


comentários recentes
Adorei esta peça, obrigada por esta comedia e por ...
Faz sentido esta ideia da Aprendizagem Cooperativa...
sentimentos a sua família. dalila trindade costa p...
Parabéns à Flor do Alva pelo centenário que acaba ...
Visão esclarecida e preocupada de um preclaro cida...
parabéns Dª Lucília silva tudo de bom
também para si um bom ano novo senhor Nuno Espinal...
Obrigado, um bom ano também para si, Um grande abr...
Partilho, caro Espinal. Um bom ano, amigo
Na minha aldeia - Torroselo -, o leilão de oferend...
Novembro 2018
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

13
15
16

20
21
22
24

25
27
30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds