publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 15 Maio , 2018, 22:42

1526419047753_CARTAZ_feira dos sabores_PP_1.PNG

 

1526419047753_CARTAZ_feira dos sabores_PP_1.jpg

 

União de Freguesias de Vila Cova de Alva e Anceriz

 

X MOSTRA DE SABORES E LAVORES TRADICIONAIS.

Vai a União de Freguesias de Vila Cova de Alva e Anceriz levar a efeito nos próximos dias 25, 26 e 27 de Maio a IX mostra de Sabores e Lavores Tradicionais em Vila Cova de Alva.
Uma vez mais, este certame contará com a presença de cerca de 25 expositores com produtos variados sendo alguns feitos ao vivo, Ranchos Folclóricos, Filarmónicas, Teatro, Exposições, Fado, Tunas, Grupo de cavaquinhos entre outros.
De realçar a presença em Vila Cova de Alva de grupos do Porto, Tondela, Lisboa e de concelhos vizinhos.
Será certamente mais um grande evento onde haverão novidades.

Eis o Programa:

Sexta Feira:

19 Horas: Abertura

19 H 30 M: Visita aos Expositores/Concertina Miguel Calado

20 H: Exposição sobre o Fado/Produção Santa Casa da Misericórdia de Vila Cova; História do Fado (sinopse) da autoria de Nuno Espinal

20 H 30 M: Jantar

21 H 30 M : Grupo Musical de Penacova "Flora do Mondego"

23 H: Grupo "Sons e Suadelas" de Arganil

Sábado:

15 H: Grupo "Melodias do Campo" Santa Ovaia

16 H 30 M: União Recreativa e Musical Pomarense

!8 H: Tuna de Cantares de Avô

19 H 30 M: Os Gorgulhos/Anceriz

21 H 30 M: Flor do Alva

22H 30M: Fados de Coimbra e de Lisboa, pelo" Fado ao Centro"

Domingo:

15 H: Rancho Folclórico "Vale de Milhaços"/Almada

16 H: Grupo Etnográfico da Santa Casa de Misericórdia

17 H: Grupo de Cavaquinhos do Porto

18 H 30 M: Rancho Folclórico "Cruz Maltina Lisbonense" 

!9 H 30 M: Rancho Folclórico "As Flores" de Casal de S. João

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 15 Maio , 2018, 17:04

cartaz_rosto_web.jpg

 

Acontecimento a não perder

Juntar grandes guitarristas num só evento é coisa rara e desta feita serão Ricardo Parreira e Paulo Soares que são dos mais completos guitarristas portugueses de sempre.

Além disso, teremos a presença inédita de Zoran Stojanovic em Coimbra e interpretaremos pela primeira vez na nossa cidade as suas composições.

Acresce que o Auditório do Instituto Superior de Engenharia de Coimbra proporciona uma excelente experiência de fruição musical.

Paulo Soares

Paulo Soares, ligado a Vila Cova por laços de sangue, é um dos mais versáteis e generosos guitarristas de sempre da guitarra portuguesa. Estuda e investiga o instrumento há mais de 35 anos, buscando a excelência da sonoridade e do discurso musical. A sua síntese inovadora das técnicas e intensões das guitarras tradicionais de Coimbra e de lisboa são o alicerce para a sua enorme versatilidade musical e guitarrística, plena de entusiasmo e profundidade.   Consequentemente, Paulo Soares tem interpretado, ao longo da sua interessante carreira, não apenas o repertório tradicional, mas também peças de sua autoria, dos mais variados guitarristas seus contemporâneos, de compositores eruditos e outros. Tem a experiência de inúmeras atuações por todo o mundo e colaborações com alguns dos artistas mais marcantes da música portuguesa, bem como a inclusão da guitarra com diversos agrupamentos musicais, passando pelo acompanhamento de fados, recitais de guitarra como solista, duos, trios, sexteto de guitarras, agrupamento alargado de guitarras, quarteto de cordas, quartetos de saxofones, quinteto de jazz, música pop, solista com várias orquestras clássicas, estreia de inúmeras peças e arranjos de sua autoria e de outros compositores nacionais e estrangeiros.  Como solista tem estado sempre presente nos mais importantes festivais de guitarra portuguesa. Como pedagogo e impulsionador da guitarra portuguesa, a obra de Paulo Soares é indubitavelmente das mais importantes. É autor e editor do seu famoso Método de Guitarra Portuguesa, obra de referência na aprendizagem do instrumento. Tem ensinado consistentemente, tem auxiliado outros professores e tem partilhado generosamente várias transcrições de sua autoria desde o tempo em que nada estava disponível, sendo um dos maiores impulsionadores do desenvolvimento moderno da nossa guitarra.


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Maio 2018
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

14
16
18
19

20
22
23
24
25

29


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds