publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 30 Dezembro , 2017, 00:19

IMG_4478.JPG

 

Tem chovido, o quanto baste, para que o Alva tenha tirado a barriga de misérias e se mostre engordado, ainda que o seu aspeto desfigurado, sujo e pouco cuidado não seja o que, em tempos idos, tanto o consagrou e, merecidamente, tantas loas conquistou: águas puras e cristalinas, dizia-se.

O nosso Alva já não é o mesmo. Mas, prestemos-lhe a justiça que merece. Culpas? Dele nenhumas. Culpe-se sim quem o maltrata. A ele e ao ambiente. Cuide-se o ambiente e o Alva voltará a sorrir-nos.

Este é um dos meus desejos no ano que vem. Sentir que muito vai mudar para que, daqui a uns tempos, possa ver espelhado, nos sorrisos das tais águas puras cristalinas do nosso Alva, o meu e o sorriso de todos nós.

Bom 2018 para todos.

 

Nuno Espinal

 

IMG_4475-001.JPG

IMG_4472-001.JPG

 


comentários recentes
As nossas condolências para a família toda.Frenk e...
" Ser Poeta ė ser mais alto...(Florbela Espanca)Qu...
Caro Nuno: Gostei muito. Aliás não esperava outra ...
Demasiado jovem para partir.Que descanse em paz.
Sentidos pêsames a toda a família. Muita força e c...
Boa tarde. Qual é o valor em ml de 2/5 de azeite?
Muito bem! Gostei. Contudo falta referir muitos pe...
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
Dezembro 2017
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

12
14
16

17
20

24
25
28
29

31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds