publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 13 Janeiro , 2017, 08:32

IMG_2539-001.JPG

Foto: Nuno Caetano, acompanhado por sua mãe Hortense Caetano e filha Joana e ainda por Nuno Espinal, aquando da inauguração da exposição “Tempo entre Silêncios”.

 

Há uma poesia emergente em cada imagem, tendencialmente associada ao Belo. As palavras escritas, que legendam cada imagem, dizem-nos do deambular do autor na sua inata emoção e na racionalização com que a regista.

Porque se lhe é percebida uma natureza artística que lhe é natural, em que se sobreleva a sua emoção, também se lhe percebe, nos ângulos e nos espaços com que capta a imagem, um saber academicamente aprendido.

Depois há o público. Entra na imagem, envolve-se em memórias, imagina momentos. E em cada um ressoam palavras inspiradas das imagens. Em cada um desponta um poeta de si mesmo.

Nuno Espinal

 

(A exposição de fotografia “Tempo entre Silêncios, de Nuno Caetano, está patente ao público desde ontem, dia 12, até 12 de março, no Mosteiro de Santa Clara – A Velha, em Coimbra).

 

IMG_2536.JPG

 

 


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Janeiro 2017
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
12
14

16
20
21

23
24
26
28

30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds