publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 21 Janeiro , 2016, 01:39

Henrique Gabriel gere, em Lisboa, o “Espaço Arte”, das Publicações Europa América, sendo responsável pelas iniciativas culturais e artísticas, que naquele espaço ocorrem. É neste âmbito que realizará uma exposição coletiva, a que deu o nome "Aqui há Gato", onde o principal expositor é Nuno Caetano, com uma série de fotos muitíssimo interessantes sobre Gatos. Ao mesmo tempo, e como complemento, convidou uma série de pintores e escultores a criarem peças sobre o tema, nos quais se incluem, entre outros, os Vilacovenses Jorge Fernandes, Ilda de Castro e ele próprio. Vai também ser projetado um filme da autoria da Ilda de Castro, intitulado “Bombs-Violence or Human Shows?”.

 

Aqui há Gato I-1.jpg

 

Aqui há Gato II-1.jpg

mvc.jpg

 

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 19 Janeiro , 2016, 01:27

12575834_913585382070010_301991640_n - Cópia.jpg

12575834_913585382070010_301991640_n - Cópia-001.

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 17 Janeiro , 2016, 19:01

Resultado que não espelha o que na realidade se passou em campo. A segunda parte do Vilacovense, pelo bom jogo e superioridade manifestados pela nossa equipa, justificava no mínimo o empate. O Bobadela conseguiu o terceiro golo mesmo no final do encontro, contra a corrente do jogo. Parabéns pela exibição aos jogadores do Vilacovense.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 15 Janeiro , 2016, 23:47

 

DSCI0742.JPG

 

O ânimo parece ter renascido entre jogadores e adeptos do Vilacovense, após duas vitórias seguidas e mais que justas. Para além da positividade dos resultados, as exibições têm sido convincentes, com destaque para a segunda parte do último jogo da equipa contra o Pomarense, com um golo de Ricardo de fora da área, verdadeira bomba das que perduram na retina de um verdadeiro amante de futebol.

Domingo um jogo muito difícil, a jogar no campo do adversário e logo o primeiro classificado da série: o Bobadela. Ficamos a aguardar.

 

Ficha técnica do Vilacovense 1 Pomarense 0

 

Constituição da equipa:

 

Guarda redes: Luís Tavares

Defesas: Fábio, António Cruz (capitão), Joel Leal e Pedro Fonseca;

Médios: David, Ricardo Santos, Raul Nunes e Tiago Fernandes;

Avançados: Paulo Ribeiro e Mário Reis.

 

Golo aos 55 min por Ricardo Santos

 

Substituições: aos 40 minutos saiu Fábio entrou Victor e aos 65 saiu Raul e entrou Abdul

 

David foi expulso aos 70 minutos.

 

Jogadores não utilizados: Luís Tavares, Bruno Lopes, Dilan Rodrigues, Mansa e Miguel.

 

 

Nuno Espinal/Fábio Leitão

 

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 13 Janeiro , 2016, 23:11

12400940_912719942156554_3323365023594844504_n.jpg

12463597_911778432250705_306734770_n.jpg

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 12 Janeiro , 2016, 10:30

O Presidente da Mesa da Assembleia Geral da Sociedade Filarmónica Flor do Alva marcou para o próximo dia 15, às 21 horas, o ato da tomada de posse dos elementos eleitos para os Órgãos Sociais no biénio 2016/2017.

Recorde-se que as eleições para os Órgãos Sociais se realizaram no passado dia 12 de dezembro, com a vitória atribuída a João Gonçalves, como candidato a Presidente da Direção.

A sessão daa tomada de posse está aberta a todos os associados.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 10 Janeiro , 2016, 19:30

Os resultados estão a surgir e a evidenciar a real valia do Vilacovense. A vitória foi alcançada com um espetacular golo de Ricardo, apontado de fora da área.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 09 Janeiro , 2016, 19:23

DSCI0739.JPG

 

Apesar da chuva, que no último domingo caiu com alguma intensidade, e mesmo com os resultados menos bons da equipa, muitos foram os adeptos que se deslocaram a Penalva para apoiar o Vilacovense. E, por certo, deram por bem empregue a deslocação já que assistiram a uma boa exibição do Vilacovense, coroada com um resultado (0-3) que se ajusta ao que nas quatro linhas se passou. Amanhã, dia 10, o Vilacovense recebe o Pomarense em jogo que se antevê difícil, mas que ainda assim não afasta boas expectativas quanto ao resultado.

Ficha técnica do jogo Penalva 0 Vilacovnese 3

Constituição da equipa: Guarda redes: Luís Tavares; Defesas: Pedro Fonseca, Mário Reis, Luís Carlos (capitão) e Fábio Santos; Médios: David Lourenço, Ricardo Santos, Paulo Ribeiro, Raul S. Bento e Tiago Fernandes; Avançado: Vítor.

Golos: Tiago Fernandes aos 10 minutos, Mário Reis aos 45 e David Lourenço aos 70.

Substituições: Luís Carlos por Miguel aos 15 minutos ( jogador lesionado no joelho transportado para os HUC), por Tiago Fernandes por Abdul aos 60, Vítor por Mansa aos 65, David por Luís Tavares II aos 75, Fábio por Dilan aos 78.

Delegado: José Santos

Direção técnica: Bruno Santos


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 08 Janeiro , 2016, 11:34

15952128_MQWc4.jpgEu sei que o adepto clubista está entranhado por uma irracionalidade extrema, fruto de paixão exacerbada que lhe tolda, quase sempre, uma normal perceção justa das questões do futebol.

Bastaria uma pedagogia, de quem dispõe de meios e responsabilidades para tal, para inverter, ou no mínimo mitigar, este estado fundamentalista e irracional dos prosélitos clubistas. Mas, não é isso que acontece, bem pelo contrário. Veja-se o caso das televisões. Em todas elas, com muito raras exceções, três ou mais pseudocomentadores, que apenas são contratados para defender os seus clubes. E estes clubes são eternamente os mesmos: os apelidados “três grandes”. Tornam-se irritantes, estes comentadores, pelo tom acalorado e, tantas vezes, malcriado postos nas discussões e pela falta de seriedade nos julgamentos e análise. E esta camarilha omnipresente nas pantalhas integra ainda dirigentes e treinadores, gente intriguista, de mau carácter e até boçal.

O curioso é que, se em pleno regime salazarista a oposição criticava o modo como o sistema impunha socialmente o ambiente “futebolês”, após o vinte cinco e abril de setenta e quatro esta imposição cresceu desmesuradamente e faculta ainda mais, a níveis inconcebíveis, as vantagens que o sistema concede aos ditos “três grandes”.

Os milhões de euros com que estes “três” vão ser brindados nos próximos anos, em função das transmissões televisivas, aprofundará o fosso com os restantes clubes, tornando as competições cada vez mais desiguais e assimétricas.

Restará aos outros, que não os ditos três, ações e medidas que contrariem este estado de coisas. Por exemplo, greve aos jogos em que com eles compitam. Aposto que, se esta medida fosse aplicada, muito mudaria. Mas, não. Nem esta nem outras medidas vão acontecer. Afinal, uma total redenção, em que o eterno mexilhão será sempre lixado. No futebol como no resto…

 

Nuno Espinal

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 07 Janeiro , 2016, 01:53

índice.jpg

 


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Janeiro 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
14
16

18
20
22

26
29
30



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds