publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 20 Agosto , 2015, 11:25

man4.jpg

 Nélinha com o filho Dr. Pedro Jorge e a nora Drª Raquel

 

Ainda hoje é a Nélinha. É e será. Este diminutivo, no nome, foi, em tempos, diferenciador, para quem assim era tratado, de um outro estatuto social. Estávamos numa aldeia interior e ensimesmada, de há uns cinquenta e mais anos.

Com o tempo, esbatendo-se muito das lógicas que forjavam estas diferenças, os diminutivos perderam sentido e caíram mesmo em desuso.

Permanece, contudo, para a Nélinha. E permitam-me esta apreciação pessoal: Assenta-lhe que nem uma luva. Porque na Manuela Cruz há uma toque de classe, uma elegância no trato, um estilo no saber estar, que lhe dá aquela auréola tão típica do “doce charme da burguesia”.

Rendo-me a este charme. Eu sei, à revelia da ideologia que apregoo. Mas, não há volta a dar. Talvez porque seja um entranhado romântico, um tanto, digo eu, a um certo jeito balzaquiano. É que este charme burguês descose-me, sem defesas, as teias de uma minha postura esquerdizante. Nada a fazer. Rendo-me, pois, repito, a este charme.

Ainda ontem, cara Manuela, compuseste uma mesa simples, de um arroz doce que, de forma sublime, cozinhaste e fizeste acompanhar de um espumante. A mesa salpicaste-a de flores matizadas em vermelho. Sempre o tal toque de classe.

Chamaste uns amigos e celebraste a vida. Afinal, passaste momentos difíceis, e foste sujeita a uma intervenção cirúrgica de alto risco.

Mas, tudo já passou, ganhaste a batalha.

Na mesa as flores, a encherem de vida o branco imaculado da toalha. E tu, Manuela, a dizeres, nas tuas cheias palavras, um verdadeiro hino à vida.

Foi uma festa bonita. Brincámos, divertimo-nos, com aquelas jocosidades que os nossos cabelos brancos refinaram.

Um beijo Manuela, um beijo Nélinha.

 

Texto: Nuno Espinal

Foto: Manuel Fernandes


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Agosto 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
14
15

17
18
21

25
26
28

30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds