publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 12 Agosto , 2015, 08:33

b.jpg

 

Longe dos aparatos tecnológicos de hoje, as “festas” de antigamente valiam-se dos recursos caseiros disponíveis, com total envolvência da comunidade em tudo o que eram os seus elementos componentes.

Havia, assim, um tempo de preparação da festa, com a feitura dos seus artefactos, que era em si já um tempo de festa.

A foto terá cerca de sessenta anos e espelha um carro alegórico, puxado por uma parelha de bois, conduzida pelo saudoso Sr. Artur, de um cortejo em que estavam representados todos os bairros da vila e que se destinava à angariação de fundos para uma qualquer obra.

O povo divertia-se e havia uma alegria indiscritível. As “festas” eram mesmo para todos.

Nestas “festas de verão”, do presente, será tanto assim?

 

Nuno Espinal


comentários recentes
Muito bem! Gostei. Contudo falta referir muitos pe...
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
Agosto 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
14
15

17
18
21

25
26
28

30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds