publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 06 Agosto , 2015, 18:22

029.JPG

 

O povo saiu à rua e aglomerou-se maioritariamente nas” Tílias”, mas também ao longo de toda a estrada que atravessa a vila. A etapa desta 77ª Volta a Portugal, a 7ª desta edição 2015, que se iniciou em Condeixa passou por Vila Cova, entre as duas e duas e meia da tarde, depois de ter percorrido Arganil e Coja, para prosseguir para Avô, Teixeira, Covilhã e terminar no ponto mais alto da Serra da Estrela, foi já considerada a “rainha”, pelo seu grau de dificuldade, em especial na subida que conduziu à Torre.

Para muitos vilacovenses esta foi a oportunidade de pela primeira vez assistirem à passagem de corredores da Volta a Portugal em Bicicleta e presenciarem ainda a parafernália de meios que este acontecimento atrai, nomeadamente, viaturas de apoio, “media”, ambulâncias e batedores da GNR.

 

Nuno Espinal

 

040.JPG

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 06 Agosto , 2015, 00:49

1.jpg

 

Agora vai.

Como as fotos documentam, a azáfama nas Eiras é bem evidente.

Betoneiras, camiões, retroescavadoras e trabalhadores não param.

O tempo escasseia e há ainda muito a ser feito.

As “novas” Eiras começam a ganhar forma e tudo indica que

esta primeira fase (palco e recinto) ficará concluída até final da semana.

Parabéns a todos pelo esforço.

 

Silvino Lopes

 

2.jpg

3.jpg

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 06 Agosto , 2015, 00:26

004.JPG

 

Festejar as obras já concretizadas na Igreja Matriz, sem jactâncias, rejeitando o modo típico de ufanias e ostentações, com que estes acontecimentos, vulgo inaugurações, são comummente celebrados, é ideia que será posta em prática, no próximo dia 21, a partir das sete e meia da tarde, com uma cerimónia simples, que terá lugar no espaço circundante à Igreja, ou seja, no próprio Adro.

Os vilacovenses estão todos convidados para assistirem a esta cerimónia de comemoração e festa, que não pretende ser a contemplação de uma obra já acabada, mas sim o estímulo à sua continuidade, pois a Matriz carece de mais obras e arranjos, nomeadamente as pinturas dos seus caixotões do teto.

É este o espírito que o Padre Rodolfo Leite pretende incutir nesta jornada de festa, que será de consciencialização e reforço anímico, para que a Igreja Matriz venha a ser dotada de todos os melhoramentos de que ainda carece.

 

Nuno Espinal


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Agosto 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
14
15

17
18
21

25
26
28

30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds