publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 17 Julho , 2015, 23:50

IMG_4998.JPG

 

Quando me encontro em Vila Cova, e porque estamos no decurso dos meses de verão, recebo, amiúde, de meu irmão Quim, nas vezes que nos telefonamos, esta pergunta: Então já aí há muita gente de fora?

A pergunta está plena de intenção porque procura, na resposta, um ou outro nome de todos os amigos da “malta” que nos nossos tempos de juventude éramos companheiros infalíveis de férias passadas em Vila Cova.

Mas a resposta tem uma significativa palavra: Não.

Virá Agosto e lá nos vamos encontrar alguns dos de então. Mas, poucos seremos. Esta é uma realidade de há já alguns anos, ainda que, ultimamente, tenha havido uma ténue tendência no crescimento de visitantes.

Uma ténue e não mais. E percebo porquê. Sei do paradeiro de muitos desses amigos, neste tempo veraneante. Algarves, outras praias do nosso litoral, locais mundanos e de diversão. Enfim, os tempos são outros e locais apelativos no preenchimento destes dias de verão não faltam.

Por isso, os compreendo.

Mas, cá do cimo do alto do bairro de São Sebastião fico absorvido pelo que vejo. O casario envolto no arvoredo luxuriante. Uma vez mais e outras mais serão, esta nossa Vila Cova de paisagens de extremo encantamento a seduzir-me sem apelo.

E só tenho de dar graças por tamanho privilégio.

 

Nuno Espinal


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 16 Julho , 2015, 22:43

O Vilacovense, no sábado passado, foi a votos para eleição dos seus órgãos sociais. Apresentou-se a sufrágio uma única lista que foi eleita por unanimidade A nova Presidente da Assembleia Geral, Dr.ª Andreia Paiva, curiosamente ex POresidente de Direção, enviou-nos o seguinte comunicado, com o nome dos membros agora eleitos. Eis o texto:

 

No passado dia 11 de Julho de 2015 em reunião extraordinária da Instituição foi eleita por unanimidade dos sócios presentes a única lista apresentada à constituição dos órgãos sociais do Grupo Desportivo Vilacovense.

Para seguir um trabalho que dignifique a Instituição foram eleitos os seguintes órgãos sociais para o biénio 2015/2017:

 

Direção

Presidente: José Manuel Brito Raimundo

Vice – Presidente: José Manuel da Costa Santos

Secretário: Telma Soraia Santos Raimundo

Tesoureiro: António Carlos Antunes Leal

1º Vogal: Jorge Manuel Assunção

2º Vogal: Tomás da Silva Tabanez

 

Assembleia Geral

Presidente: Andreia Sofia Antunes Paiva

1º Secretário: Margarida Maria da Costa Fernandes

2º Secretário: António Miguel Assunção Antunes

 

Conselho Fiscal

Presidente: Patrícia Natividade Antunes Paiva

Secretário: Rui Daniel Madeira Lourenço

Relator: Fernando José Fonseca Figueiredo


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 15 Julho , 2015, 00:34

6929484_cIYFo.jpeg

 

Há dias, numa das noites deste quente Julho, entre as 10 e as 10 e meia, vagueei na rota das três principais fontes de água de Vila Cova: Nem vivalma!

Sou do tempo, e reporto-me aos anos cinquenta e sessenta, em que tudo era diferente. Quando no verão a seca se instalava, a água gotejava, nos fontanários, com uma exiguidade tal, que obrigava à espera e aglomerava montões de gente, muito maioritários de mulheres na sua procura.

Criavam-se, nestas demoras, grandes tertúlias de estorietas, de risadas, de coscuvilhices, de discussões e, quantas vezes, de altercações que, uma vez ou outra, degeneravam em movimentadas cenas de bordoada, com cabelos puxados e vasilhames quebrados, a que não eram estranhas intervenções dos homens, que, céleres, surgiam, em defesa das suas benditas mulheres.

O cântaro e a rodilha eram então instrumentos de gabarito. Mas, por finais dos anos sessenta tinham já os seus dias contados. O plástico, na foto, em forma de balde, era um já prenúncio dos seus fins. E o bendito “abastecimento público de água” seria, anos mais tarde, para todos os mais diversificados utensílios de transporte de água, o epílogo que os viria a colocar em não mais que merecidos símbolos de um cenário de um tempo já passado.

A foto, tirada na fonte de Santa Teresa e datada de 1968, que em tempos publicámos, e que protagoniza a figura da saudosa Dª Beatriz de Almeida, é, de facto, parte de um passado e parte da história desse passado.

Ao recordá-lo com emoção quase que tendemos a verberar este presente. E quanta a estupidez neste juízo! Mas a nostálgica recordação é isto mesmo. Tantas vezes a resvalar para uma verdadeira irracionalidade.

 

Nuno Espinal


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 13 Julho , 2015, 21:11

CAM00225.jpg

 

Natural de Anceriz, mãe de Maria Isabel Lopes Peixoto e sogra de Arlindo Gouveia Lopes, faleceu hoje, dia 13 de Julho, na Santa Casa da Misericórdia de Arganil, Etelvina Peixoto Lopes, com 97 anos de idade.

O seu corpo ficará em câmara ardente na casa mortuária da igreja de Anceriz, onde permanecerá até amanhã, dia 14 de Julho, data em que se realizará, às 13h30m, o seu funeral, com cerimónias religiosas.

Seguirá, em cortejo fúnebre, para o cemitério de Anceriz.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 13 Julho , 2015, 13:53

WP_20150712_002.jpg

 

A nossa Flor do Alva está em plena campanha das festas de verão. Foi assim que esteve presente em Aldeia de Nogueira, concelho de Oliveira do Hospital, onde abrilhantou as festas em honra de Santa Ana.

 

Fábio Leitão


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 11 Julho , 2015, 15:45

hhhhhh.jpg

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 10 Julho , 2015, 11:58

Está marcado para as 20 horas de hoje o início das cerimónias religiosas relativas ao funeral de Paula Ribeiro, que seguirá para o cemitério de Vila Cova.O corpo estará em câmara ardente na Igreja Matriz.

Os serviços fúnebres estarão a cargo da Funerária do Alva.

Apresentamos à família as nossas condolências.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 10 Julho , 2015, 00:13

15098415_LwNAC.jpg

 

É com muita tristeza que damos a notícia. Morreu a Paula (Ana Paula Ribeiro). Ainda o ano passado a vimos, feliz, quando cantava num palco da Mostra de Lavores a Sabores. Mas, a doença, que a minava, acabou por lhe tirar a vida. Aconteceu ontem, dia 9, numa unidade de saúde em que a Paula estava internada.

Sabemos que o funeral se realiza ainda hoje, para o cemitério de Vila Cova. É com muito pesar que a vemos partir para sempre.

Adeus Paula. Descansa em paz.

(Logo que tenhamos mais elementos, nomeadamente sobre a hora do funeral, daremos prontamente informação aos leitores do Miradouro).


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 09 Julho , 2015, 10:02

Utentes 002.jpg

 

É com grande pesar que participamos o falecimento da Srª Dª Helena Gabriel Costa, viúva do Sr. Fernado Gabriel. Contava 83 anos de idade e era mãe da Srª Dª Maria Adelaide Gabriel Leitão e dos Srs. Carlos e Ferando Manuel Gabriel Leitão, a quem apresentamos as nossas condolências.  Vítima de uma embolia cerebral, faleceu ontem nos CHUC.

O funeral, a cargo da Funerária do Alva, realiza-se hoje, às 20 H e 30 M, ficando o corpo em câmara ardente na própria Igreja Matriz.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 09 Julho , 2015, 00:28

s340x255.jpgO censo de 2011 registou 358 residentes estrangeiros no concelho de Arganil. Das 18 Freguesias de então, a de Vila Cova era a que mais estrangeiros tinha como residentes, concretamente 53, excetuando a de Arganil com 76.

A grande maioria dos estrangeiros residentes no concelho é apontada como do Reino Unido, concretamente 159, sendo que dessa maioria 39 são residentes na Freguesia de Vila Cova.

Não temos dados para nos podermos reportar à data atual. Mas, pelo que nos é dado a observar, a população estrangeira pode até ter aumentado e, perante a provável diminuição do número de nacionais residentes, é bem plausível que a desproporção entre nacionais e estrangeiros, na ex-freguesia de Vila Cova, que se cifrava entre 9 e 10%, tenha diminuído.

Longe vão os tempos em que era raro um estrangeiro na vila. Mas, de quando em quando, lá acontecia. E um dia houve em que a visita de um inglês deu azo a um cómico momento:

 

Éramos uns três ou quatro dos da Malta, em conversa, ao cimo da Rua Direita, às portas da saudosa “Loja do Vasco”. Bem perto, com a enxada ao ombro, um dos da terra, já grisalho, cigarro de mortalha ao canto da boca.

A história passou-se já lá vão uns cinquenta anos ou mais.

A páginas tantas surge um inglês, que andava em passeio de carro na região. Coisa até nem muito corrente naquele tempo. O inglês interpelou o nosso trabalhador, chamemos-lhe Sr. Joaquim, e com gestos mímicos procurava indicação do melhor caminho para ir até ao rio. Era Verão, uma tarde de calor a convidar a um refrescante banho no Salgueiral.

-The river, the river, dizia o estrangeiro. E bracejava com os braços a imitar movimentos de quem nada.

Percebido nos seus intentos, o inglês aguardou a resposta. E ela veio e da seguinte forma, da boca do Sr. Joaquim.

-Já percebi…o rio…tomar “banheichane”…é fácil. Desce a rueichane, segue, vira à esquerdaichane…depois à direiteichane…

Claro, nós, os da Malta, em total gozo, a conter a custo o riso e o estrangeiro sem patavina perceber. Até que nos decidimos intervir:

-Hey, Sir, the river? You go down the street, you turn on the left…por aí fora e lá demos a explicação.

Agradecido, o inglês, lesto, deu à sola e pôs-se a caminho do Salgueiral. E nós, claro, no rescaldo, desde logo prontinhos para o deleite do ainda tão fresquinho episódio. Mas, nem tempo tivemos. É que o Sr. Joaquim, com ar circunspecto, abeirou-se do grupo e atirou-nos:

-Oh pessoal, mas raio de ideia foi a vossa? Pr’a qu’é que foi aquela lenga-lenga p´ró homem? Com certeza julgam que ele não entendeu tudo o que eu lhe dizia?

 

Nuno Espinal


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Julho 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9

12
14
18

20

27
28


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds