publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 17 Julho , 2015, 23:50

IMG_4998.JPG

 

Quando me encontro em Vila Cova, e porque estamos no decurso dos meses de verão, recebo, amiúde, de meu irmão Quim, nas vezes que nos telefonamos, esta pergunta: Então já aí há muita gente de fora?

A pergunta está plena de intenção porque procura, na resposta, um ou outro nome de todos os amigos da “malta” que nos nossos tempos de juventude éramos companheiros infalíveis de férias passadas em Vila Cova.

Mas a resposta tem uma significativa palavra: Não.

Virá Agosto e lá nos vamos encontrar alguns dos de então. Mas, poucos seremos. Esta é uma realidade de há já alguns anos, ainda que, ultimamente, tenha havido uma ténue tendência no crescimento de visitantes.

Uma ténue e não mais. E percebo porquê. Sei do paradeiro de muitos desses amigos, neste tempo veraneante. Algarves, outras praias do nosso litoral, locais mundanos e de diversão. Enfim, os tempos são outros e locais apelativos no preenchimento destes dias de verão não faltam.

Por isso, os compreendo.

Mas, cá do cimo do alto do bairro de São Sebastião fico absorvido pelo que vejo. O casario envolto no arvoredo luxuriante. Uma vez mais e outras mais serão, esta nossa Vila Cova de paisagens de extremo encantamento a seduzir-me sem apelo.

E só tenho de dar graças por tamanho privilégio.

 

Nuno Espinal


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Julho 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9

12
14
18

20

27
28


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds