publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 15 Julho , 2015, 00:34

6929484_cIYFo.jpeg

 

Há dias, numa das noites deste quente Julho, entre as 10 e as 10 e meia, vagueei na rota das três principais fontes de água de Vila Cova: Nem vivalma!

Sou do tempo, e reporto-me aos anos cinquenta e sessenta, em que tudo era diferente. Quando no verão a seca se instalava, a água gotejava, nos fontanários, com uma exiguidade tal, que obrigava à espera e aglomerava montões de gente, muito maioritários de mulheres na sua procura.

Criavam-se, nestas demoras, grandes tertúlias de estorietas, de risadas, de coscuvilhices, de discussões e, quantas vezes, de altercações que, uma vez ou outra, degeneravam em movimentadas cenas de bordoada, com cabelos puxados e vasilhames quebrados, a que não eram estranhas intervenções dos homens, que, céleres, surgiam, em defesa das suas benditas mulheres.

O cântaro e a rodilha eram então instrumentos de gabarito. Mas, por finais dos anos sessenta tinham já os seus dias contados. O plástico, na foto, em forma de balde, era um já prenúncio dos seus fins. E o bendito “abastecimento público de água” seria, anos mais tarde, para todos os mais diversificados utensílios de transporte de água, o epílogo que os viria a colocar em não mais que merecidos símbolos de um cenário de um tempo já passado.

A foto, tirada na fonte de Santa Teresa e datada de 1968, que em tempos publicámos, e que protagoniza a figura da saudosa Dª Beatriz de Almeida, é, de facto, parte de um passado e parte da história desse passado.

Ao recordá-lo com emoção quase que tendemos a verberar este presente. E quanta a estupidez neste juízo! Mas a nostálgica recordação é isto mesmo. Tantas vezes a resvalar para uma verdadeira irracionalidade.

 

Nuno Espinal


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Julho 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9

12
14
18

20

27
28


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds