publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 10 Junho , 2015, 22:43

SAM_0589.JPG

Um inseto, não originário da Europa, tem atacado as palmeiras, que não resistindo ao mal que lhes causa, acabam por murchar e definhar. Temos assistido, em especial nas cidades e em jardins públicos, ao abate de muitas palmeiras, que têm sido vítimas de uma acentuada mortandade, por via do ataque desta peste.

E o mal das palmeiras já chegou à região, e não é assim tão recente. As palmeiras de Vila Cova que o digam. Ou, melhor: Os seus proprietários que o digam. É o caso de uma palmeira nascida e criada no jardim particular da casa do Sr. António Santos, localizada no Bairro do Carris. Atacada do mal, nada há a fazer a não ser o seu abate. Por uma questão de alerta e curiosidade, publicamos fotos que nos dão a imagem do causador deste flagelo: O inseto “Rhynchophorus ferrugineus”. Foi o próprio Sr. António Santos que nos motivou a este apontamento.

E se algo de útil pudermos fazer, fica aqui um aviso: palmeira que mostre sintomas deve ser ou tratada ou abatida. Pelo que fui informado, existe um tratamento através de um produto, que nem é barato, e que não garante a cura. Neste caso, quando a morte da palmeira está sentenciada, então a única solução é o seu abate. Evita-se assim que o inseto se propague e possa vir a atacar outras palmeiras.

 

Nuno Espinal

Fotos: Manuela Antunes

 

SAM_0593.JPG

SAM_0590.JPG

SAM_0594.JPG

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 10 Junho , 2015, 00:11

DSCF6004.JPG

Após a estreia em Vila Cova de Alva, Os Gorgulhos/Teatro Na Serra deslocaram-se no passado sábado a São Martinho da Cortiça onde, perante uma sala bem composta e uma plateia bem disposta, apresentaram o seu novo espectáculo “Bonifácio, O Sultão”.

Esta peça destinada a todo o público, com texto original de Silvino Lopes e encenação de Fernanda Santana, transporta-nos aos tempos em que, na região, habitavam povos árabes, envolvendo os espectadores numa divertida e movimentada história em que a música está sempre presente, com canções (também originais) que transmitem emoção e completam o espectáculo.

Mas o melhor é mesmo ir ver e disfrutar de um bom momento de teatro.

Para tal é só deslocarem-se a Anceriz no próximo sábado dia 13 de Junho onde, pelas 19 horas, na sala “improvisada” do Centro Sócio-cultural (na Liga de Melhoramentos), poderão assistir a “Bonifácio, o Sultão” – que tem entrada livre – e ainda saborear uma bela sardinha assada que estará à disposição no bar da Liga, logo após o espectáculo.

Apareçam

 

Conceição Martinho

gorg.jpg

 


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Junho 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11

16
18
20

27

28


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds