publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 03 Maio , 2015, 22:14

IMG_1945.JPG

A chuva caiu toda a manhã e só deu tréguas por alturas do final da Missa, já o relógio caminhava para o meio dia. Ainda assim, o Padre Rodolfo não quis arriscar, já que nada garantiria que durante a procissão não retornasse a chuva, com todos os inconvenientes para os que nela se incorporassem e com o risco de a imagem de Cristo na Cruz, feita em madeira, sair afetada, com danos irreversíveis. Não se realizou Procissão e, aproveitando o tempo que lhe era destinado, foi rezado um terço, que o Prof. Manuel Fernandes (o Padre Rodolfo, entretanto, ausentara-se para um funeral) dirigiu com a sábia experiência da sua ex-vivência sacerdotal.

São estes os factos que relevam a crónica deste dia de Santa Cruz, dia de comemoração da Santa Casa de Misericórdia de Vila Cova. Mas também foi dia da Mãe. E estes dois acontecimentos foram destacados na homilia do Padre Dr. Rodolfo Leite, associados a um terceiro que emerge da evocação da Cruz e da Mãe: o Amor, no seu sentido mais lato e abrangente.

Toda esta celebração religiosa teve a participação da “Flor do Alva”, que interpretou hinos alusivos às comemorações da data, com destaque para o sempre comovente cântico das “Três Ave Marias”.

 

Nuno Espinal

 

IMG_1947.JPG

 

IMG_1949.JPG

 

 


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Maio 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
16

18
19
21
22
23

24



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds