publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 20 Março , 2015, 22:33

073.JPG

 

Florescem as mimosas a indiciar os alvores da primavera. Mas, o inverno ainda mantém marcas, como nas árvores despidas ou na vegetação de castanho seco.

As chaminés, ao cair do fresco que finda a tarde, tecem cortinas de fumo que acinzentam o branco do casario.

E oiço alguém que canta uma cantilena das saudosas danças de roda:

 

A primavera traz lindas flores

Todas são lindas mas não são iguais

A primavera vai e volta sempre

A mocidade vai, não volta mais.

 

Nuno Espinal

 

069-001.JPG

 


comentários recentes
Sinceros sentimentos pelo falecimento do Tó Man...
Não foi de Covid
DISTÂNCIA/SEPARATISMO DOS PARASITAS-HORRORIZADOS c...
Foi de Covid-19?
Caro Sr. Avelar: obrigado pelo seu comentário. Apr...
As nossas condolências para a família toda.Frenk e...
" Ser Poeta ė ser mais alto...(Florbela Espanca)Qu...
Caro Nuno: Gostei muito. Aliás não esperava outra ...
Demasiado jovem para partir.Que descanse em paz.
Sentidos pêsames a toda a família. Muita força e c...
Março 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9

17
21

25

30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds