publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 01 Janeiro , 2015, 19:53

vilacov.jpg

O Grupo Desportivo Vilacovense calebra hoje o seu 40º aniversário. O "Miradouro" endereça à Direção do Vilacovense, aos restantes Órgãos Sociais, aos praticantes e teinadores que durante vários anos defenderam este emblema e, em especial, a todos os Vilacovenses e adeptos efusivos Parabéns.  

 

Bruno Santos 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 01 Janeiro , 2015, 19:49

IMG_20150101_111813.jpg

 

Hoje, dia 1 de Janeiro, a liturgia alude a duas importantes evocações: As comemorações da Solenidade da Santa Maria Mãe de Deus e do Dia Mundial da Paz. Isso mesmo foi salientado pelo Padre Rodolfo Leite, na Missa que celebrou na Igreja Matriz. No final da Missa, o Padre Rodolfo Leite deu o Menino Jesus a beijar.

Bruno Santos

10888706_10153029368524309_5902277913700492690_n-0

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 01 Janeiro , 2015, 16:59

CAM00015.jpg

 Fotos de 1 de Janeiro, às 13h15m

 

Frio? Que é isso de frio?

Com o gelo que está nem se nota o frio… e já passava da uma da tarde.

Que dizer de umas horas antes? Existem locais que não descongelam há cerca de uma semana.

Não há sol, não há calor. As noites, de céu estrelado e profundo, indicam a inexistência de humidade no ar. O luar reflectido no branco gelo dos campos, transmite à noite uma luminosidade inusitada. É o inverno em todo o seu esplendor.

 

Silvino Lopes

 

CAM00012.jpg

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 01 Janeiro , 2015, 15:05

unnamed (1)ans6.jpg

Há muito que se não via. Cepo a arder no largo de S. Sebastião (Outeiro).

Passaram mais de vinte anos e, ontem à noite, aí estava ele de novo. O cepo a arder.

A ideia surgiu de um momento para o outro. Conversa aqui, conversa ali, a coisa tomou forma e, após contactados os Presidentes Amaral (Liga de Anceriz) e António Tavares (União de Freguesias) que, entusiasticamente autorizaram a utilização do espaço público, ontem à tarde, alguns “Gorgulhos” puseram mão à obra e deram forma à tradição.

O resto foi festa, música, camaradagem, doces, alegria e uns copitos para aquecer, sempre com moderação – parabéns a todos pelo facto - que a noite estava fria e o “aquecimento interno” era essencial, para além do calor intenso da brasa e satisfação que, do cepo e da alma de todos, emanavam.

À meia-noite, umas chouriças e umas febras aconchegaram ainda mais os (poucos mas rijos) que se deslocaram ao Largo do Outeiro.

Uma noite em que os mais idosos lembraram, com carinho, outros tempos e outras presenças, de familiares e amigos que, curiosamente, ontem pareceram estar presentes no coração e na saudade de todos os que ao calor do cepo viajaram até este novo ano.

Apenas uma nota menos feliz.

Uma única criança esteve presente. Porquê?

Não existem mais na aldeia com aquela idade...

Feliz Ano Novo

 

Silvino Lopes

 

ans1.jpg

ans3.jpg

unnamed (1)ans9.jpg

ans10.jpg

 


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Janeiro 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

13
17

20
21
24

31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds