publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 07 Julho , 2014, 21:29

O documento a que nos reportamos, com quase setenta anos, julgamo-lo de grande interesse para a documentação histórica da ambiência católica da Vila Cova desse tempo, em especial pelo tom do discurso, a remeter-nos para o sentido religioso muito ritualista da época.

Uma escrita muito gongórica, a evidenciar uma prática muito “rezadeira”,  ao ponto de a preparação da festa em honra do Sacratíssimo Coração de Jesus merecer uma preparação com um tríduo a ser cumprido por um "insigne orador". 

Referência a reter: A existência de uma organização religiosa, "O Apostolado da Oração", com associados que pagavam quotas.

Por fim, um outro dado que sugere o grande amor que então se sentia por Vila Cova, pelo tom afetivo e poético com que o nome da terra é rebatizado: Vila Cova Flor do Alva. 

 

Nuno Espinal (um obrigado à Guida Figueiredo pela cedência do documento)

    


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Julho 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

18
19

24
26

27
29


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds