publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 13 Junho , 2014, 00:23

 

Noite de Santo António em Vila Cova: Lá do alto, a soberba lua, em noite tão bonançosa, testemunhou por certo a solitária fogueira de rosmaninho, que, no seu débil crepitar, desprendia desconsolos de abandonada e desprezada.

“Ainda há quem tente puxar a carroça, mas as rodas estão perras”, dizia-me um amigo.

De facto, alguém ornamentou, com adornos adequados, o espaço onde o São Sebastião se mostra em frontispício, a marcar o chafariz a que deu nome. Estava o convite feito.

Mas, qual quê? Meia dúzia de pessoas para um tanto de sardinhas assadas…

“Isto era de esperar”, dizia quase resignado um outro amigo. “Sabe? Dia de abertura do mundial, jogou o Brasil. E depois temos as marchas de Lisboa…”

Ah, pois, é isso, a televisão! – Atalhei.

Ainda, assim, havia luar…

 

Nuno Espinal

 


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Junho 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
14

17
20

25
27

29


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds