publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 30 Maio , 2014, 11:23

 

A primeira página do DIÁRIO AS BEIRAS destaca, em grande título, (“JUDICIÁRIA APANHA TIO VIOLADOR DE MENOR EM ARGANIL”), um caso ocorrido em Vila Cova e que era alimentado nas conversas de populares, que já suspeitavam deste ato, ao que se presume, consumado de pedofilia e incesto.

A notícia, assinada pela jornalista Rute Melo, está desenvolvida numa das páginas interiores do jornal, caiu que nem uma bomba junto da população vilacovense, que não calculava da prontidão e até discrição com que a PJ agiu.

Eis todo o conteúdo da notícia:

 

Tio suspeito de abusar de sobrinha detido pela PJ

 

A morte do pai menor terá sido o princípio para o crime de abuso sexual da menor. No início do mês de abril, uma mulher, mãe de duas crianças de 8 e 13 anos, residente na zona de Arganil, ficou viúva. O irmão da viúva foi viver para a casa onde habitavam também as suas sobrinhas e, nessa altura, terá começado a seduzir a mais velha, que completou 13 anos há pouco tempo. A convivência diária permitiu ao tio concretizar um processo de sedução. Na terça-feira foi detido pela Polícia Judiciária (PJ), através da Diretoria do Centro, por ser suspeito de “prática, reiterada, de vários crimes de abuso sexual de criança, de que foi vítima uma menor, com 13 anos”.

 

 Abusos desde finais de abril

 

Ao DIÁRIO AS BEIRAS fonte da PJ de Coimbra esclareceu que o suspeito, divorciado, “desde finais de abril começou a seduzir a menor”. Tal terá sido, ao início, interpretado pela menina como “uma brincadeira”. Porém, o tempo foi correndo e os “abusos foram sendo cometidos e a sua gravidade foi também aumentando”.

Nesta família considerada “desestruturada” e com problemas ligados ao consumo de álcool, foi a filha mais nova que deu o alerta. “A irmã mais nova assistiu a uma troca de carícias íntimas entre os dois e acabou por revelar a um popular” que prontamente o denunciou às autoridades.

Os abusos, esclareceu ainda a mesma fonte da PJ, ocorreram sempre na habitação onde agora todos residiam e acabaram por levar a que a menor quase ficasse enamorada pelo tio, uma vez que este “foi hábil em todo o processo de sedução”, acabando quase por consentir e, de certa forma, aceitar toda a situação.

O detido, de 55 anos, tem antecedentes criminais, nomeadamente por furtos em veículos através de arrombamento, tendo já cumprido cerca de 15 anos de prisão. Crimes de índole sexual não são conhecidos e agora, ao ter tido a oportunidade, revelou o seu pior lado, aproveitando o alvo fácil e a vulnerabilidade da criança.

Refira-se a rapidez de intervenção da PJ que abriu inquérito na segunda-feira e deteve o suspeito na terça-feira, tendo o indivíduo sido presente ao juiz, no tribunal de Instrução Criminal de Coimbra, ontem de manhã. Foi-lhe aplicada a medida de coação de prisão preventiva, a mais gravosa, enquanto vai aguardar julgamento.


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Maio 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

14
15

24

27


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds