publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 03 Abril , 2014, 22:22

Enquanto membro dos Órgãos Sociais (Assembleia Geral), e como associado da Sociedade Filarmónica Flor do Alva, não deixaria como sempre faço de dar a minha opinião em prol das Instituições da minha Freguesia pois a elas ganhei amor e respeito enquanto amigo, filarmónico e membro autárquico ao longo dos já avultados anos que faço parte da família vilacovense, mas neste caso refiro-me em concreto á situação menos feliz por que passa a nossa querida Filarmónica.

No entanto, e sei que poderei ferir susceptibilidades e algumas mentes mais fracas, mas tenho por hábito dizer aquilo que me vai na alma pois não tenho interesses instalados ou muito menos me dedico às instituições para atingir objectivos concretos como por vezes se verifica.

Ao referir-me em concreto à nossa Filarmónica, tem-se verificado um certo desprezo pela, sendo mais fácil criticar pelas ruas quando no passado dia 29 de Março se realizou uma Assembleia Geral devidamente e previamente anunciada e além dos elementos dos Órgãos Sociais apenas se encontrava um único associado na assistência.

Como se pode aceitar que ao serem alguns associados abordados para efectuarem o pagamento das quotas em atraso se diga que não querem pagar ou então que apenas pagam o ano actual?

Sabemos que é responsabilidade das diversas Direcções procederem a tempo e horas à cobrança das respectivas quotas, o que não tem acontecido, mas todos sabemos que enquanto associados e conforme os estatutos, temos a obrigação de pagar as mesmas ou a dignidade de chegar junto da Direcção e proceder ao seu cancelamento.

Como se pode aceitar que seja feito um apelo às populações e amigos da Banda para a compra do símbolo mais importante das suas fileiras que é o estandarte, e poucos ou quase ninguém ainda tenha contribuído, mesmo sabendo que os tempos não são fáceis mas que uma moeda ou uma nota vai contribuindo para atingir o objectivo. Lembro, que de um cidadão estrangeiro e a residir fora de Portugal, já chegou uma verba generosa sem que certamente tenha algo a ver com a Banda, mas certamente e como visitante do «MIRADOURO» tenha verificado e contribuído para o apelo feito pela Direcção tendo mais consideração e respeito do que alguns que deviam dar o exemplo.

Onde está a Câmara Municipal de Arganil e a União de Freguesias de Vila Cova/Anseriz quando deveriam ser as primeiras a contribuir, lamentando desde já que por parte da Junta de Freguesia ainda nem o donativo de 2013 foi entregue.

Onde estão aqueles que criticam os que não são residentes na Vila e que querem simplesmente contribuir para o bem das instituições que se encontram “abandonadas “na Freguesia?

Na referida Assembleia Geral, e ao verificar as finanças da filarmónica, sugeri que se aumenta-se para 7€ o valor anual da quota, pois julgo ser um valor irrisório mesmo sabendo que não são assim tantos os associados originando por isso uma verba pequena mas como disse vai contribuindo para o saco, lembrando no entanto a Direcção que podem sempre contar comigo e que existem peditórios, rifas, concertos de angariação de fundos, almoços de aniversários entre outros eventos para uma melhoria da situação financeira…haja ideias e vontade de trabalhar.

Como amigo da Banda à qual já pertenci como executante e quase sempre como director, nunca deixarei de criticar aqueles que nada fazem, e que apenas estão disponíveis para ver o barco afundar ou neste caso uma instituição prestes a comemorar 100 anos de existência e para isso não contam comigo.

Como refiro no título desta opinião é apenas…” uma questão de confiança.”

“Viva a Flor do Alva”

 

JOÃO MANUEL BORGES GONÇALVES


comentários recentes
Boa tarde. Qual é o valor em ml de 2/5 de azeite?
Muito bem! Gostei. Contudo falta referir muitos pe...
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Abril 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11

16

25

28
29


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds