publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 17 Março , 2014, 23:23

 

Se atendermos à semântica, a tertúlia tem como espaço de excelência um “café”, ou uma taberna. Mas prezo mais o que do significado da palavra no essencial se retira: Tertúlia como reunião de amigos, que se encontram de forma mais ou menos regular, para discutir vários temas e assuntos.

Dizem os anais da história que chegaram a Portugal vindas de Paris e tiveram grande implantação no século XIX e princípios de XX.  Famosas as de Lisboa, de Coimbra e até do Porto, onde se reuniam grandes figuras do nosso universo intelectual. Mas, as tertúlias não eram só acontecimento nestas três cidades. Espalhavam-se pelo país, quer em cidades, quer em vilas, onde de tudo se discutia, desde a política, às artes e ao futebol.

Com o advento da televisão e de tecnologias da comunicação caíram em desuso. Mas ainda há quem as promova, numa principal desígnio de reunir amigos. E nem é preciso ir longe. Em Coja, por exemplo. Patrocinador: Padre Rodolfo.  Amigos? Os que o Sr. Padre elege como tal. Temas de conversa? Os que há baila vêm. Opiniões divergentes? Claro, porque não? E convergências? No domínio das ideias, sempre que as houver há.

Mas uma há que é capital e indiscutível: a da amizade. Obrigado Sr. Padre Rodolfo!

 

Nuno Espinal: Texto

Manuel Fernandes: Fotos

 

 

 

 

 


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Março 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
13
15

20
22

26
29



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds