publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 10 Fevereiro , 2014, 21:01

 

O dia de ontem foi de invernia rigorosa. Ventos fortes, muita chuva, mas ainda assim aquém dos vendavais que em anos anteriores se têm feito sentir, com os consequentes estragos, principalmente no derrube de árvores e resultante efeito na quebra de fios condutores de eletricidade e cortes de luz. Ontem não houve estragos assinaláveis, pelo menos que se tenham feito constar.

Há, isso sim, devido à constância da chuva neste últimos meses, a destacar a queda, em dois locais, do bicentenário muro que se prolonga do Chafariz de S. Sebastião até ao Vale da Fonte e que faz parte da cerca da quinta da Casa do Convento.

Faz pena olhar aqueles dois recentes buracões, que afrontam o que de mais cativante há na nossa memória coletiva e na própria história do Convento de Santo António de Vila Cova.

 

Nuno Espinal

 

 


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Fevereiro 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
15

17
21

26


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds