publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 10 Dezembro , 2013, 18:02

Quando se relembrarem 2 anos após o desaparecimento físico do Professor João Alves das Neves, a aldeia do Pisão (Coja) assistirá ao lançamento daquela que será a obra mais emblemática à qual este pisaense se dedicou: a Revista Cultural da Beira Serra – ARGANILIA.

No dia 12 de Janeiro de 2014 e pelas 15 horas será feita a memória de João Alves das Neves com uma romagem ao cemitério de Coja, seguindo-se meia hora mais tarde e na extinta escola primária do Pisão a apresentação do nº26 da revista ARGANILIA, agora dirigida por Nuno Mata.

Depois de tantos números em que João Alves das Neves homenageou e enalteceu figuras da região, o vice-director da revista decidiu dedicar-lhe esta edição que conta com depoimentos de Portugal e do Brasil, para além de artigos acerca de temáticas tão apreciadas pelo fundador da revista e por todos quantos a seguem há 22 anos.

Os textos de Alexandre Cerejeira, António Lambertini, António Lopes Machado, Beatriz Alcântara, Carlos Francisco Moura, Dalila Teles Veras, Francisco Seixas da Costa, Idalina da Conceição Gomes, Isabel Murteira França, Ives Gandra da Silva Martins, José C. da Silva, José Dias Coimbra, Lina Alves Madeira, Maria Beatriz Rocha-Trindade, Nuno Mata, Paulo Veiga, Raul Francisco Moura, Regina Anacleto, Rui Fernão Mota e Costa, Teresa Rita Lopes e Tereza Cristina Vitali enriquecem as 198 páginas deste número, onde consta uma interessante fotobiografia do autor e outras curiosidades.

João Alves das Neves dedicou quase toda a sua vida à cultura, nomeadamente à lusofonia, com particular destaque para as relações Luso-Brasileiras, a cultura e identidade da Beira Serra e o estudo de Fernando Pessoa. Foi colaborador de diversas publicações, inscrevendo o seu nome em dezenas de títulos, professor universitário e redator no prestigiado jornal Estado de S. Paulo, para além de outras valências em outros tantos desempenhos.

Será, julgamos, um precioso momento de recordação de um dos grandes vultos intelectuais da Beira Serra, mas também o cimentar do projecto ARGANILIA que teima em permanecer vivo. O evento conta com a colaboração da Comissão de Melhoramentos e Beneficência do Pisão que quis associar-se a tão sentida data.

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 09 Dezembro , 2013, 23:50

 

A foto é demonstrativa do bom ambiente que se vivia no fim do jogo, junto ao autocarro que transportou jogadores e adeptos na deslocação do Vilacovense a Formoselha, localidade pertencente ao concelho de Montemor-o-Velho.

E não seria caso para menos. Uma vitória, para a qual bastou um único golo obtido por Jorge Reis aos 73 minutos, vitória conseguida no campo de adversário e a carimbar passaporte para a eliminatória seguinte da Taça do Inatel/Coimbra.

Parabéns ao Vilacovense que está na trajetória de uma excelente época.

 

Constituição da equipa:

Guarda-Redes: Bruno

Defesa: Joel, António Cruz (capitão) Luís Carlos Quaresma (Diogo Poço aos 75 minutos) e Tó-Zé;

Médios: Jorge Reis, Sérgio Fonseca (Ricardo Santos aos 55 minutos), Luís Carlos Costa, Jorge Sousa e Filipe (Renato aos 40 minutos);

Avançado: João Correia

 

Suplentes não utilizados: Rui Mota (treinador/jogador), Nelson Amaral e António Pereira.

 

O Vilacovense desloca-se no próximo domingo a Alvoco, onde defronta a equipa local, em jogo a contar para o campeonato.

 

Nuno Espinal/Fábio Leitão


publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 08 Dezembro , 2013, 17:50

Excelente triunfo do Vilacovense sobre a equipa do Formoselha, do concelho de Montemor-o Velho, que com este resultado, conseguido no campo do adversário, passa à fase seguinte da Taça.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 08 Dezembro , 2013, 16:09

 

 

No Centro de Dia estão já montados o presépio e a árvore de natal. Sem sofisticações, bem pelo contrário, com total simplicidade, valem pelo significado, como ícones expressivos desta quadra. Se o presépio tem a função representativa do nascimento de Jesus a árvore de natal pretende reforçar o ambiente festivo e também folclorista desta quadra.

Agora, durante cerca de um mês, ali se expõem, por vezes aparentemente ignorados. Mas é mesmo só aparência. Quem é que não gosta de os ali sentir?

 

NE 

 

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 05 Dezembro , 2013, 23:06

 

 

Era suposto que o Vilacovense, no jogo que domingo disputou com o Bobadelense, amealhasse os três pontos correspondentes a uma vitória, tendo em conta que jogava em casa e que está rotulado como equipa com mais argumentos que o adversário. Mas, contrariando as expectativas, o Vilacovense não conseguiu mais do que um empate e este alcançado mesmo ao cair do pano.

Ainda assim o Vilacovense mantém o primeiro lugar da série, com uma diferença de três pontos relativamente ao segundo classificado, a equipa de S. Martinho, que na última jornada averbou uma derrota.

 

Ficha técnica do jogo Vilacovense 1 Bobadelense 1

 

Constituição da equipa:

Guarda-redes: Bruno;

Defesas: Joel Leal, António Cruz (capitão), Bruno Lopes, e Paulo Ricardo;

Médios: Renato (António aos 70 minutos), Luís Carlos Costa, Jorge Sousa, Jorge Reis, e Ricardo Santos (Luís Quaresma aos 40 minutos);

Avançado: João Correia (marcador do golo).

 

Suplentes não utilizados: Rui Mota (treinador/jogador), Fábio, Diogo, Sérgio Fonseca, Tó Zé O próximo jogo do Vilacovense é em Formoselha e conta para a Taça.

 

Nuno Espinal/Fábio Leitão

Foto: Manuel Fernandes


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 05 Dezembro , 2013, 19:18

 

Caro amigo Dr. Nuno:

 

Como sabe, sou um elemento sempre atento ao Miradouro e, tenho por vezes escrito algumas noticias ou comentado outras. Assim, e se me permitir uma vez mais, venho apenas comentar o estado de degradação e pode até dizer-se a vergonha na escadaria do Convento.

Ao ler os vários comentários já publicados, e bem, permita-me que “discorde” de Vª Ex.ª, na questão de enviar as fotos, jornais ou outros (se bem que não sou contra), aos elementos da Junta de Freguesia ou Câmara Municipal. Porque esses mesmos elementos, passam todos ou quase todos os dias em Vila Cova de Alva e certamente os seus olhares batem de frente com tamanha barbaridade que ali foi feita e consentida.

Será preciso ainda alguém se mostrar mais empenhado na reparação do erro feito, do que a quantidade de elementos que, como atrás referi, ali passa.

Serei sempre um defensor de corrigir tal vergonha, e apoiarei as iniciativas que Vª Ex.ª ou outros pretendam realizar para voltar a referida escadaria a ser um verdadeiro local de beleza e não um mamarracho vergonhoso como actualmente se verifica.

Cego é aquele que não quer ver…

 

João Manuel Borges Gonçalves

 

 

 

Caro amigo João Gonçalves:

 

Obrigado pela sua prestimosa colaboração, de resto na senda do que já nos habituou.

Compreendemos a sua crítica relativamente à minha proposta da elaboração de um dossier sobre escritos já publicados, admitindo que nada vão acrescentar à visibilidade do estado de degradação em que se encontra o espaço denominado “Escadaria do Convento”.

Contudo, este processo da elaboração de um dossier pretende ser uma forma de “institucionalizar” o nosso descontentamento e confiar, na base da nossa convicção e crença, de que as autoridades competentes, a breve trecho, mostrarão toda a disponibilidade em resolver o problema.

A comissão a criar deve, fundamentalmente, integrar vilacovenses residentes e julgamos mesmo que na sua composição não devem ser restringidos elementos da própria Junta, que, estamos certos, serão dos primeiros a lamentar o estado vergonhoso a que chegou aquele espaço arquitetónico, deslustrando a reputação da monumentalidade histórica desta nossa Vila Cova de Alva.

Um abraço,

 

Nuno Espinal  

    


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 05 Dezembro , 2013, 17:35

Prostrado na cama, por força de uma gripe, que me tolheu a vontade de algo fazer, não pude dar a habitual colaboração ao Miradouro.

Já em recuperação, aqui estou a prosseguir a missão. Uma missão que pretendo coletiva. Por isso, enviem escritos sempre que lhes aprouver. Abraço a todos,

 

Nuno Espinal

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 02 Dezembro , 2013, 21:41

Muitas foram as reações de indignação relativamente ao estado a que chegou a "escadaria do Convento". Há quem proponha que se enviem "fotos" (caso do Oliveira Alves) às diversas entidades com responsabilidade a nível autárquco, tanto na Freguesia e no Concelho. É uma ideia que sugere outra. Para além das fotos, todas as intervenções escritas que foram publicadas, tanto no miradouro como em jornais, devem ser compiladas em dossier e enviadas às entidades competentes. Eu próprio me poderei encarregar disso e logo que o dossier esteja elaborado uma comissão, que deve também integrar vilacovenses residentes, tronará público esses dossier e tratará de o enviar às tais entidades. Fica a proposta.

Entretanto, publicamos mais duas reações chegadas ao "miradouro":

 

Meu caro amigo Antero, assiste-te toda a razão. A ti e a todos os Vilacovenses que se indignam com tamanha afronta com o estado de degradação que uma obra, com tão pouco tempo, apresenta. Sem estar em causa que a realização em si nada acrescentou de valorização a tão icónica escadaria. Mas se é uma vergonha e uma afronta para os amantes de Vila Cova do Alva, é ainda maior vergonha para os autores que idealizaram tão degradante espetáculo. E se em Portugal ainda se tem direito à indignação, indignemo-nos com veemência junto de quem de direito, para que se reponha o original xisto na escadaria do Convento de Santo António. Um abraço para todos e, especialmente, para ti Antero.


Quim Espiñal

 

 

Subscrevo o Antero. O que é necessário fazer para que seja feita a correcta exposição do xisto na escadaria? Que diligências e que meios é necessário accionar para resolver o problema?

Ilda Teresa de Castro

    


publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 01 Dezembro , 2013, 18:31

O Vilacovense mantém o 1º lugar


publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 01 Dezembro , 2013, 15:19

 

 

Foto de “www. record”

 

Nesta treta do futebol assumo-me, de resto como generalistamente é minha marca, como um hedonista. De facto, não sou sádico, ao ponto de me deleitar com as tristezas e azias dos adversários. Mas, longe de ser um masoquista (estou mesmo nos antípodas), tenho um prazer indescritível, egoístico que seja, nas vitórias da minha Briosa. E reforçadíssimo quando conseguido contra um dos “estarolas”. Ontem exaltei com a vitória sobre o “fê cê pê”.

 

Algumas notas a registar:

 

 1-Um apito azul, muito doirado, esteve ontem muito ativo no “Cidade de Coimbra”. Uma grande penalidade, mais que evidente, perdoada ao “fê cê pê”, e uma grande penalidade inexistente assinalada contra a Briosa, mesmo no final do jogo, a tentar minimizar os efeitos de não serem conseguidos os três pontos para os do “Pintinho da Costa”.

Como diz o blog“Simplesmente Briosa”, para a próxima em vez de catorze tragam a Coimbra quinze. Talvez se safem…

Curioso o facto de os habituais comentadores das nossas “têvês”, sobre a escandalosa arbitragem, quase nada referirem. Enfim, o habitual.

 

2-Grande Ricardo! Ainda há dúvidas de que o Ricardo merece ser selecionado? Oh Paulinho Bentinho, será que viste ontem o jogo?

 

3-Aquela horda animalesca que recebeu o autocarro do “fê cê pê”, quando da chegada ao estádio do dragão, é um retrato caracterizador de um produto repleto de bestialidade, de resto criado pelas direções corruptas dos “estarolas”.

Têm o que merecem…

 

Nuno Espinal    


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Dezembro 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

19


29
30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds