publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 18 Dezembro , 2013, 21:51

 

 

 

Nem sempre o ótimo é inimigo do bom. Ou melhor: Quando o ótimo está longe de estar à mão, então aplauda-se o bom.

O que acontece na Igreja Matriz é isso mesmo. Todos nós temos sonhado ao longo da vida com a recuperação das telas do teto da Igreja Matriz. Mas, e o dinheiro? Talvez um dia, ou com um mecenas (caído do céu) ou com uma intervenção de dinheiros vindos de fundos europeus, até porque a nossa Igreja é considerada como património de “interesse público”.

Mas, enquanto essa bênção financeira não chega (será que algum dia chega?) contentemo-nos com o que é feito. E o que está a ser feito acaba por ser, afinal, o melhor que agora se podia fazer, ou seja, o ótimo. Reparações no soalho, nas paredes e outras partes, que quando estiverem concluídas vão dar um aspeto totalmente alindado e melhorado à nossa Matriz.

Força senhor Padre Rodolfo Leite. O senhor nem sequer promete, o senhor faz.

 

Nuno Espinal

 

 

 

 

 

 

 

 


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Dezembro 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

19


29
30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds