publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 24 Setembro , 2013, 18:12

 

Uma mera coincidência juntou, neste final de verão e princípio de outono, em Vila Cova, alguns dos da “malta”. E, porque não desprezamos o que de bom a vida nos dá, aproveitámos este acaso e fizemos dele um privilégio.

Com a amizade por base, forjada nesses inesquecíveis verões do passado, eis-nos a consagrar o convívio como dos mais insupríveis bens que há nesta vida. Confirmo-o em absoluto. Que momentos de delícia temos desfrutado. Patuscadas, encontros conviviais, passeatas ao “escuro” e a galhofa constante, galhofa construída, o mais das vezes, na excelência de um humor que o amadurecimento da vida ajudou a refinar.

Sempre que oportunidade houver cá estarei, é um dito entre nós assumido. Que assim seja! De resto, como ouvi a um dos da "malta" pago o IMI da casa que cá tenho e, pela parca utilização que faço dos serviços e bens autárquicos que me são proporcionados, atendendo aos poucos dias que cá passo por ano, sou uma boa mais-valia para a economia da região.

De facto, bom argumento!

 

Nuno Espinal

 

 

 

 

 


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Setembro 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
12

15
19
20

22
27



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds