publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 21 Novembro , 2012, 22:49

 

Desfolhei hoje um velho livro escolar, da disciplina de Francês do antigo 5º ano dos liceus e dei com os olhos num texto pleno, para mim, de recordação e emoção. O texto relata a vida rural de uma aldeia francesa, situada nas montanhas, cujos habitantes se dedicavam à vida agrícola e pastorícia.

Quando, como aluno, fiz a tradução em casa daquela lição, na eminência de ao outro dia ser confrontado com uma chamada oral, recordo-me do prazer que tive naquela tarefa, o que para mim era um caso invulgar, pela cabulice que nos meus tempos de juventude sempre me caracterizou.

Mas, que raio de prazer este, surgido como milagre? Porque carga de água?

Recordo-me de tudo perfeitamente e a razão era tão só esta que vos passo a explicar:

Nesse tempo, princípio da década de sessenta, Vila Cova era totalmente rural, com o labor agrícola a marcar a ocupação diária. As minhas vindas à terra nos períodos de férias proporcionavam-me essa realidade e realçavam-me a grande simplicidade campesina com que o correr dos dias era vivido. Fascinava-me essa vivência, esse bucolismo de então.   

O encanto dessa Vila Cova rural atiçou-me o empenhamento pela analogia que o texto, mesmo difícil e extenso, me provocou.   

Hoje tudo está diferente. Foi-se a vida agrícola no que tinha de marcante e perdeu-se muito, mas mesmo muito, do bucolismo de então.

Claro, diremos todos, ainda bem que assim é. Todos nós o sabemos, a tal vida de miséria daqueles tempos…

É verdade que sim, e eu bem o aplaudo, entusiasmado pelas crenças ideológicas a que sempre me arreiguei.

Mas, gaita, por mais que se me fundamente este atual, continuo saudosista daquele passado.

Desculpem lá estas contradições camaradas!…

 

Nuno Espinal


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Novembro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
17

19
23

26


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds