publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 09 Novembro , 2012, 18:09

Faleceu ontem, dia 8, nos hospitais da Universidade de Coimbra, a nossa utente do Centro de Dia, Sr.ª. Dª. Maria Alice Pedro Leal, residente na Digueifel, viúva do Sr. Diamantino Simões, de Vila Cova.

Apresentamos à família as nossas condolências.

 

 

 

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sexta-feira, 09 Novembro , 2012, 16:07

 

 

Ponto um: Vibrei ontem com a vitória da minha Académica. No Estádio Cidade de Coimbra, lá estive entre os que nunca regateiam apoio à sua Briosa. Foi um jogo de grande entrega por parte dos jogadores da “preta”. Vitória justa, reconhecida pelos próprios adversários. contra um Atlético de Madrid, atual detentor do título da Liga Europa e 2º classificado no campeonato corrente em Espanha. Uma vitória que jamais esquecerei.

 

Ponto dois: A “Mancha” é inexcedível no apoio à sua Académica. Do princípio ao fim de qualquer jogo, eles lá estão, sem se calarem um segundo, em slogans e cânticos de ânimo à equipa. Ontem mais uma vez foram extraordinários a ponto de deixarem os espanhóis boquiabertos. Um adepto do Atlético no final do jogo comentou-me mesmo. “Con una animadora, como la tuya, siempre hay un jugador más.” Por isso, mais uma, vez nota vinte para a “Mancha”, que em termos de apoio não tem rival em Portugal.

 

Ponto três: Um único senão à “Mancha”. Aquela exibição de três enormes tarjetas, com referências aos nossos João I, D. Nuno Alvares Pereira e Batalha de Alfarrobeira eram, a meu ver, completamente dispensáveis. Porquê, nos tempos de hoje, aquela manifestação pseudo bélica.

 

Ponto quatro: Sou um convicto iberista. Sempre o fui e, na conjuntura atual, muito mais se justifica esta minha opção. Sem renegar o meu nacionalismo, julgo que os povos, até por uma razão dos seus interesses, devem unir-se e não dividir-se. Para além de razões históricas e genéticas, que consubstanciam o meu iberismo, nós portugueses, nos tempos de hoje, até precisamos dos espanhóis, já que aEspanha é o principal parceiro comercial de Portugal. Trata-se, afinal, de um mercado que tem assumido uma importância crescente para as empresas portuguesas, decisivo, mesmo, para o desenvolvimento sustentado da economia portuguesa.

 

Ponto cinco e último: Repito: Vibrei com a vitória da minha Académica. Mas no fim abracei com carinho um adepto do Atlético de Madrid.

 

Viva Portugal, Arriba España, Viva a Ibéria.

 

 

Nuno Espinal

 

 


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Novembro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
17

19
23

26


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds