publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 14 Outubro , 2012, 16:16

Pois foi! O habitual. Poucos vilacovenses nesta palestra do Dr. Nuno Mata. Muito poucos mesmo, uma meia dúzia, para aí. Mas, os que não foram só perderam. Porque Nuno Mata, no seu estilo fluído, simples e rico de conteúdo, contou uma história interessantíssima sobre aspetos relevantes dos 50 anos dos Bombeiros Voluntários de Coja.

Muitos desses aspetos, dos que mais se podem destacar na vida daquela corporação de bombeiros, ligam-se à Freguesia de Vila Cova, por via das famílias Antunes Leitão, Abranches Freire de Figueiredo, Mendes Ferrão e Filipes.

Influências e intervenções de peso nos meandros burocráticos para que a instituição se constituísse, doações de terrenos, de edifício e até a compra do primeiro carro operacional.

A seu tempo informaremos com detalhe estas intervenções de vilacovenses.

Ainda a realçar nesta palestra a presença do Sr. João Luís Nunes, pai do próprio Nuno Mata e que foi dos fundadores desta tão prestimosa agremiação cojense. Foi um dos tenazes lutadores pela constituição dos bombeiros de Coja, um lutador das “positivas teimosias”, na expressão feliz de Nuno Mata. 

Um outro nome a distinguir: Sr. Marcolino Almeida, que veio a ser o 1º comandante da história da corporação, corria o ano de 1963.

Hoje, a Corporação dos Bombeiros de Coja conta com cerca de 85 elementos, um dezena dos quais é da freguesia de Vila Cova.

O seu raio de ação faz-se em especial sentir, sem que se confine, contudo, a limites espaciais inultrapassáveis, nas cercanias da localidade de Coja, e muito lhes devem os doentes que em primeira mão são por eles assistidos e transportados nas suas ambulâncias para Arganil ou Coimbra.

Um trabalho diário que revolucionou por completo os níveis assistenciais de saúde no concelho e que a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Vila Cova de Alva é testemunha permanente, pois é aos Bombeiros Voluntários de Coja que recorre no primeiro socorro aos seus utentes.

Outra das intervenções que tornam os Bombeiros Voluntários de Coja um pilar sem o qual as consequências no nossa região ganhariam um dimensão trágica, ou ainda muito mais trágica, é a que se liga aos incêndios florestais, com todos os riscos a que se submetem, como o que recentemente lhes vitimou mortalmente dois dos seu elementos.

Estas duas vertentes, incidentes na saúde e nos incêndios florestais, fazem dos Bombeiros de Coja uma das instituições, senão mesmo a mais importante e imprescindível entre todas as da nossa região, com um peso no auxílio e apoio às populações, que merece, de todos, o maior respeito, consideração e carinho.

Um profundo obrigado à Corporação dos Bombeiros de Coja.

Um muito obrigado também ao Dr. Nuno Mata, uma vez mais presente em Vila Cova. Também nós vilacovenses já lhe devemos muito.

 

Nuno Espinal

 

(Na foto, Dr. Nuno Mata com seu pai, Sr. João Luís Nunes)

 

 


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Outubro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12
13

16
20

23
27

29


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds