publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 11 Fevereiro , 2012, 18:16

 

 

 

Já em tempos abordámos aqui, no Miradouro, o grande mistério do desaparecimento das relíquias dos Santos Mártires Abdon e Senen, que foram legadas por testamento a Vila Cova pelo Dr. Francisco de Campos, um filho da terra, que foi desembargador do Arcebispo D. Jorge de Almeida.

No documento de testamento pode ler-se:

“/…/as quais relíquias deixo a villa de Villa Cova minha pátria no bispado de Coimbra por especial devossam q. tem aos ditos sanctos e com ellas lhe deixo sem cruzados para se lhe fazer hu sacrario para ellas e se festejar seu recebimento./…/”

As relíquias, que mereceram “decreto de aprovação” e foram reconhecidas como autênticas por documento papal, deveriam estar na possa da “Igreja”, em Vila Cova.

Só que do seu sumiço não sobram, pelo menos que haja conhecimento, quaisquer pistas, pelo que parece ser pouco provável a sua recuperação.  

É ao saudoso Padre Januário que devemos a pesquisa documental sobre estas relíquias, das quais Vila Cova deveria ser titular.  

É pena o seu desaparecimento, face à dimensão que o nome destes santos assume em todo o mundo, sendo padroeiros de várias congregações religiosas.

Será que alguém nos poderá sugerir um qualquer indício, que leva à possibilidade de podermos alimentar a esperança de este enigma ser desvendado?

 

Nuno Espinal

 

 


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Fevereiro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

18

23



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds