publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 31 Agosto , 2011, 22:56

Dias cinzentos, estes últimos, deste tão atípico Agosto. Há quem peça chuva, a pensar nas culturas caseiras, e a chuva até vai caindo, ainda que a espaços, mas a afastar do rio os que se previam em refrescantes mergulhos de dias supostamente acalorados.

E é um ver se te avias com a exaustão do velho ditado: primeiro de agosto, primeiro dia de inverno…

E o ditado, nos tempos que correm, até tem alguma lógica. Não tanto pelo tempo que faz. Afinal trata-se, tão só, de um excêntrico agosto, que acontecerá de quando em quando, fruto de singularidades da natureza. Mas a sua lógica, amigos, vem da própria criação humana. É que (e a coisa é de pasmar) ainda nem ao outono chegámos e as nossas televisões já exibem um anúncio com música de natal.

Esperem-lhe então pela pancada. As luzes tremeliques não tardam e vão aparecer penduradas em muitos dos casarios “por aqui e por ali”.

Ah! Já me esquecia! Talvez não. É que o preço da eletricidade já sobe amanhã…

 

Nuno Espinal


comentários recentes
Caro Sr. Avelar: obrigado pelo seu comentário. Apr...
As nossas condolências para a família toda.Frenk e...
" Ser Poeta ė ser mais alto...(Florbela Espanca)Qu...
Caro Nuno: Gostei muito. Aliás não esperava outra ...
Demasiado jovem para partir.Que descanse em paz.
Sentidos pêsames a toda a família. Muita força e c...
Boa tarde. Qual é o valor em ml de 2/5 de azeite?
Muito bem! Gostei. Contudo falta referir muitos pe...
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Agosto 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

14
20

23



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds