publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 28 Junho , 2011, 22:51

 

Dos estragos causados pelo vendaval de Domingo os de maior monta ocorreram no domínio da agricultura, pelo que, obviamente, no foro dos particulares.

Contudo, no domínio de espaços públicos, a atenção de qualquer passante, que circulasse na direção Coja ou Barril, não deixaria de se prender a uma árvore tombada, em virtude da força dos ventos, no “Miradouro do Entroncamento”.

Passados mais de dois dias os “destroços” permanecem, afetando a usufruição de um dos mais belos miradouros da região e até do país, pela paisagem deslumbrante que proporciona, sendo até aproveitado por muitos viajantes para local de piquenique, dado o seu aprazimento.

Trata-se ainda de um espaço de onde se vislumbra uma das mais emblemáticas vistas de Vila Cova, com a Serra da Estrela por fundo e que é ainda destino de passeatas noturnas, agora que a estrada entre a vila e o local se encontra com luz elétrica, obra que se deve ao actual executivo da Junta.

Pela sua dádiva qualitativa o “Miradouro do Entroncamento” merecerá, por isso, atenção e cuidados permanentes, em especial na sua limpeza e higiene.

Dirigimos por isso um apelo a quem de direito (Câmara ou Junta) no sentido de ser diligenciada a actual limpeza do local.

O próprio muro que semi-circunda o Miradouro precisará de ligeiros arranjos e também de pintura e as mesas e bancos de limpeza que lhes tire as manchas de sujidade.

De resto, pequenas tarefas com despesas insignificantes, que muito se justificam face ao que propiciam em termos de ganhos e benefícios.

 

Nuno Espinal

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 28 Junho , 2011, 20:01

 

Notícia retirada da “Agência Lusa”:

 

"Maria Cavaco Silva defendeu hoje que apesar da crise, as instituições de solidariedade social não devem sofrer cortes financeiros.

A mulher do Presidente da República visitou hoje o Centro de Educação para o Cidadão Deficiente (CECD) de Mira Sintra, numa visita onde encontrou Laura Passos Coelho, mulher do primeiro-ministro, que trabalha nesta instituição.

No final da visita, Maria Cavaco Silva disse aos jornalistas temer que, numa altura de crise, as instituições de solidariedade social, que dão voz aos mais desprotegidos, sejam afetadas por cortes ao nível do financiamento."


publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 28 Junho , 2011, 05:35

 

Olá amigo Nuno Espinal.


Lamento os estragos que o mau tempo causou a Vila Cova de Alva. Não presenciei o fenómeno, mas fui testemunha! Vinha de Arganil, passei por Côja e nada fazia prever uma coisa dessa dimensão. Ao chegar à ponte do Barril de Alva achei estranho muitas folhas de plátano no chão, mas só quando cheguei ao cruzamento da estrada dos vales em direcção a Vila Cova é que me apercebi de arvores caidas e de imensas folhas e casca de árvores na via, que mais parecia que tinha por ali passado uma trituradora. Depois de passar o cruzamento para Anceriz, tudo estava normal e tranquilo. A natureza é por vezes estranha e neste caso comtemplou-vos da pior maneira.
O meu abraço solidário aos vilacovenses.
Para o meu amigo Nuno Espinal, aquele abraço.


António Silva (O Rouxinol de Pomares)


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Junho 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

17


29


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds