publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 26 Abril , 2011, 10:52

 

Vinda do Adro em arruada, após as cerimónias religiosas da manhã de Domingo de Páscoa, a Flor do Alva, um tanto imprevistamente, estancou a saída da Praça, junto às escadinhas, não interrompendo, contudo, o toque da sua peça musical. Mas, logo se compreendeu o motivo. É que em cima, no muro da estrada, estava o Sr. António Fernandes, antigo músico, maestro e dirigente da Flor do Alva. Foi-lhe assim prestado um cumprimento, uma homenagem. Um momento que se aplaude pelo reconhecimento e gratidão prestados.

Cumprido o gesto, a Flor do Alva continuou a sua marcha na sua tão conhecida quadri-formação. À frente o porta bandeira, depois maestro e dirigentes, a seguir os músicos e por fim o povo.

Nesta sucessão de imagens quantas as imagens a representarem a perpetuação de uma identidade cultural, identidade a transportar do passado memórias de momentos e de todos aqueles a que nós, no presente, tanto devemos.

 

Nuno Espinal     

 

 

 


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Abril 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

16


25


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds