publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 13 Abril , 2011, 20:35

 

Há dias, amargurado com certos acontecimentos, dispus-me a uma total rutura com compromissos solidário/institucionais, que tenho assumidos voluntariamente. Desabafei, queixei-me de incompreensões e contrariedades, escrevi mesmo uma carta de pedido de demissão.

Nesse mesmo dia, uma senhora idosa, das que se socorrem quotidianamente do Centro de Dia, com lágrimas nos olhos, abordou-me: “Ouvi dizer que se vai embora? Por favor não faça isso! Fique! Precisamos de si e dos outros.”

Senti um valente baque, retrocedi, rasguei a tal carta e decidi: Vou continuar.

Mas atenção: A senhora que me pediu para ficar e todos os que da Santa Casa se servem, porque ali vão buscar auxílio que, de resto, lhes é devido e merecido, podem-me pedir tudo. Por eles tudo, dentro dos meus limites, farei.

Mas, outras pessoas há que, da Santa Casa, colhem, justamente, os seus empregos e auferem, com toda a legitimidade, as suas remunerações salariais.

A essas pessoas devo-lhes, como pessoa e dirigente (tal como outros) o maior respeito. Como elas me devem (tal como a outros) o mesmo respeito. Mas há uma diferença. Estou ali (tal como outros) voluntariamente.

 O que deve significar que o meu estar (tal como o de outros) parte de uma atitude objetivamente comunitarista, o que é diferente de uma atitude objetivamente (ainda que sem mácula e totalmente respeitável) individualista.  

Ah! Uma nota final em conclusão: Assumo-me como dirigente, recuso-me como chefe! Prorrogativas do tal voluntariado…

 

Nuno Espinal


comentários recentes
Caro Sr. Avelar: obrigado pelo seu comentário. Apr...
As nossas condolências para a família toda.Frenk e...
" Ser Poeta ė ser mais alto...(Florbela Espanca)Qu...
Caro Nuno: Gostei muito. Aliás não esperava outra ...
Demasiado jovem para partir.Que descanse em paz.
Sentidos pêsames a toda a família. Muita força e c...
Boa tarde. Qual é o valor em ml de 2/5 de azeite?
Muito bem! Gostei. Contudo falta referir muitos pe...
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Abril 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

16


25


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds