publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 02 Março , 2011, 10:00

 

Surgiram inesperadamente e provocaram momentos de galhofa e boa disposição. Estamos em tempo de Carnaval e estas senhoras (Dª Lídia Antunes, a de óculos de sol, e Dª Natália Nunes Santos), ainda com a cultura de outros tempos, quiseram dar um ar da sua graça e divertir os nossos amigos mais velhos, aqui do Centro de Dia. E durante alguns minutos arrancaram gargalhadas, foram fonte de animação.

 

Mas…

 

-“O Entrudo já quase que não existe” – houve quem dissesse. “No meu tempo de rapariga, nesta altura, era uma festa pegada. Brincava-se, havia gente com muita graça que se mascarava, pregava partidas… e os bailaricos no Posto? O concerto a tocar… e a minha gente sem parar de dançar…eram dias seguidos de muita alegria”.

 

Contam-se peripécias de carnavais de outros tempos, soltam-se sorrisos. Sorrisos de saudade…

 

Texto: Nuno Espinal

Foto: Manuela Antunes

 


comentários recentes
Mais um homem bom que nos deixa. Há tempo que não ...
A perda de um amigo e a amigo da minha família, de...
Publiquei um comentário sobre o meu tio Zé, não ch...
Tio Zé Torda , descanse em paz e que DEUS o pon...
Tio Zé Torda, descanse em paz e que Deus o ponh...
Caro Dr. NunoFoi sem dúvida uma tarde e uma noite...
Sinceros sentimentos pelo falecimento do Tó Man...
Não foi de Covid
DISTÂNCIA/SEPARATISMO DOS PARASITAS-HORRORIZADOS c...
Foi de Covid-19?
Março 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12





pesquisar neste blog
 
subscrever feeds