publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 20 Dezembro , 2010, 15:03

Para as crianças a festa foi em cheio e divertiram-se “à grande”. Mas nem só as crianças. Era visível no rosto dos adultos a satisfação com que seguiam as peripécias de tudo o que no palco se passava, na trama representada do nascimento de Jesus.

As crianças mostraram-se actores expeditos e descontraídos, marca evidente no próprio “São José”, que se desmanchava às gargalhadas com as traquinices do cordeirinho, meio assarapantado perante um ambiente que tão estranho lhe era, mas sem descurar toda uma ternura, que enquadrava, na perfeição, todo o ambiente.

Findo o teatrinho veio uma musiquinha, meigamente interpretada por uma vinhozense de nacionalidade holandesa,a Angel, mas com todos os traços herdados por parte da mãe, vindos das longínquas terras da Indonésia. Voz meiguinha, numa suave balada de Natal, a deixar-nos envolver na tal proclamada e consagrada mística oriental.

Terminado este tão belo e poético momento, eis-nos nos prosaicos comes e bebes. Doçaria à farta em fim de uma festa linda, a merecer os maiores aplausos, dirigidos a todos os que a organizaram.

 

Nuno Espinal   


publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 19 Dezembro , 2010, 11:38

Ontem, na Igreja do Convento, senti espírito de Natal. Porque houve dádiva. Houve dádiva de todos os jovens que, como tantas vezes o têm feito, se entregaram, como intérpretes musicais, a proporcionar-nos momentos de prazer nas diversificadas melodias de Natal que fizeram ouvir, tanto na filarmónica, como no grupo de “sopro”. (Um abraço ao Sr. Artur Fonseca, um dos mais jovens de entre todos). Houve dádiva do jovem Dr. Artur Miguel Fonseca, que se dispôs à apresentação de todo o espectáculo. E que bem que o fez! Houve dádiva no encantamento do grupo de crianças que compõem o Coro Infantil, dirigidas pela entrega e espírito solidário da Liliana Lourenço e da Dora Leitão. Houve dádiva da ainda tão jovem Matilde Martinho, que constituiu o momento mais alto da tarde ao surpreender-nos, com uma voz afinadíssima e tão suave, com a “Avé Maria de Gounod”.  Eu repito: A Avé Maria de Gounod, uma famosa peça do repertório da Música Clássica ou Erudita, interpretada por uma jovem vilacovense, no canto, e pela nossa filarmónica Flor do Alva. Houve dádiva no comovente gesto de uma mãe, a mãe da Matilde, na tão simples, mas de tão alto significado, entrega de um ramo de flores a uma filha de que tanto se deve orgulhar. Houve dádiva de todos aqueles jovens vindos de Seia, que se deram ao convívio e à colaboração nesta Festa. Houve dádiva das Filarmónicas de Loriga e S. Romão que não se negaram a ceder instrumental, que tão valioso foi neste concerto. Houve dádiva de um Maestro, que será sempre um Homem dos de “H” muito grande, que uma vez mais presenteou toda uma comunidade com um trabalho que honra e deve envaidecer de orgulho toda a nossa comunidade. A comunidade vilacovense! Obrigado Maestro António Simões.

 

Sabe Maestro? Aquilo que ontem aconteceu em Vila Cova é “Cultura à Séria”, é “Cultura Viva” é cultura a que poderemos, um tanto sofisticadamente, chamar “Pró-Activa”. Tenho a certeza de que comunga a minha opinião.

 

Quanto um Senhor Presidente da República, um Senhor Primeiro Ministro, uma Senhora Ministra da Cultura, ou um qualquer Presidente de Câmara, não teriam aprendido com o concerto de ontem em Vila Cova. Porque é com esta cultura de base que poderemos um dia aspirar a sermos um país de gente razoavelmente culta. Gente culta, gente solidária, gente com o tal “espírito de natal”. Obrigado Flor do Alva! Foi linda, muito linda a Festa!

 

Nuno Espinal

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 16 Dezembro , 2010, 21:23

Está marcado para as 16 horas e 30 minutos de hoje, sexta-feira, dia 17, o funeral do Sr. Jorge Ferrão, que sairá da Igreja de Vila Nogueira de Azeitão em direcção ao Cemitério e Crematório de Rio de Mouro (ao pé do Atlético do Cacém), onde deverá chegar cerca das 17 horas.

Entretanto, antes do cortejo fúnebre, será celebrada missa na às 16 horas.  


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 16 Dezembro , 2010, 10:33

 

É com o maior pesar que participamos o falecimento do Sr. Jorge Oliveira dos Santos Ferrão.

Recordamos que o Sr. Jorge Ferrão se encontrava internado no Hospital da "CUF - Descobertas", na sequência de uma queda em que fracturou uma perna e sofreu um traumatismo craniano. Não resistiu a complicações de saúde que, entretanto, surgiram, tendo falecido durante a noite passada, com 76 anos de idade.

Logo que tenhamos informação da hora e local do funeral comunicaremos.

Apresentamos à esposa, Srª Dª Maria Adelina Ferrão, aos filhos, Sr. Jorge Ferrão e Drª Paula Ferrão e restante família, as nossas condolências.


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quinta-feira, 16 Dezembro , 2010, 09:36

Maria João Macara, Antero Madeira, Suzete Espinal

 

 

 Olá Nuno!

 

Que saudades que tinha de passar um fim de semana em Vila Cova, nesta altura do ano.

Aqui vão duas fotos do Outono em Vila Cova. Estas cores são únicas!

Grande Abraço,

Antero

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 15 Dezembro , 2010, 08:27

Para todos os amigos especiais, aqui vai o meu convite para o Concerto de Natal que se vai realizar no dia 18 de Dezembro de 2010 (Sábado) pelas 15 horas, na Igreja do Convento de Santo António de Vila Cova de Alva.

Aparece e trás um amigo também.

 

António Simões

 

 

Programa:

 

1ª Parte

 

Actuação do Coro Infantil da Flor do Alva

 

2ª Parte

 

“A Holiday Sing Along” arr. De John Moss

“Cantabile for Winds” de Rob Ares

“Suite de Natal” arr. de Afonso Alves

“Avé Maria” de Gounod

“Marching Recorders” de Harry Richards

“Clarinando” de Richard Cornello

“Mocidade Juqueirense” de Carlos Marques

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 14 Dezembro , 2010, 07:18

publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 13 Dezembro , 2010, 08:40

De pé: Vitor Travassos, António, Wilson, Gonçalo Sergio, António Cruz (cap) e Rui Mota

1º plano: Pedro,Sérgio, Bruno, Fábio Leitão e Paulo Sergio.

 

 

Vilacovense 3  St. António do Alva 1

 

O poder mais atlético dos jogadores do Vilacovense ditou regras perante o jogo mais macio do S. António de Alva. E foi esta a principal diferença que explicou o resultado do jogo. Um jogo correcto, bem jogado, com movimentações interessantes de qualquer das equipas, acabando, no computo final, o resultado por ser justo, já que o Vilacovense dispôs de mais oportunidades e demonstrou superior capacidade no entrosamento entre os vários sectores da equipa.    

Arbitragem sem problemas.

 

Jogaram ainda, pelo Vilacovense: Diogo Godinho, que substituiu Paulo Sérgio, por lesão, aos 20 minutos, Ivo Antunes que substituiu Pedro aos 60 min., Nelson Amaral que substituiu Sérgio aos 65 min., e Paulo que substituiu Fábio aos 70 min.

 

Treinador: Carlos Gomes. Dirigente delegado ao jogo: José Santos. Massagista: Fernando Figueiredo. Suplente não utilizado: Bruno Santos.

 

O Vilacovense receberá no seu campo, dia 9 de Janeiro, a equipa de Vila de Mato.

 

 

Nuno Espinal/Fábio Leitão


publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 12 Dezembro , 2010, 18:28


publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 11 Dezembro , 2010, 02:30

Todos os jogadores que se entregam à prática do futebol, representam com dedicação e algum risco físico os seus clubes (as lesões são um potencial factor) e o fazem com um absoluto estatuto de amadores são merecedores da maior admiração e respeito.

E quando um destes jogadores se lesiona com gravidade, a ponto de ser forçado a uma intervenção cirúrgica, o mínimo tributo a que nos sentimos obrigados é o de lhe dedicar a maior solidariedade e um aplauso do tamanho do maior estádio do mundo.   

O nosso Obrigado ao Daniel Nunes, atleta do Vilacovense

Um grupo de adeptos


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Dezembro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

17
18

25

27
30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds