publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 22 Dezembro , 2010, 20:18

 

O Senhor João Silva, não só não esteve presente na Festa de Natal das Crianças de Vila Cova e Vinhó como, pelos vistos também anda muito pouco atento a pormenores que só por si o esclareciam devidamente, ao ponto, talvez, de não fazer um comentário tão repleto de erros.
Mas, já que não esteve na festa, convido-o a analisar o convite que consta deste site a publicitar a festa de Natal, as rifas que foram elaboradas para os cabazes da festa de Natal, e propunha ainda, que se informasse sobre quem organizou no mesmo dia e à mesma hora a sua tradicional Festa de Natal das Crianças de Casal de S. João, e, em Vinhó quem a chegou a organizar – e que o senhor aliás já sabe quem era.

 

Sabe, senhor João Silva, a Cidalina Lourenço, Isabel Lourenço, Cristina Ribeiro, Carla Loureiro, Elisabete Lourenço, Cláudia Lourenço, Cristina Pires e Lígia Fernandes, que eu saiba, a única coisa que têm em comum é o facto de serem mães e de terem a vontade de manter viva uma festa que foi reiniciada após o fecho da Escola em Vila Cova de Alva, por uma pessoa que também era pai e avô, sobre proposta da Junta de Freguesia (composta por 3 elementos), que um dia pediu à sobrinha, Isabel Lourenço, para a tentar organizar e, mais tarde, lhe suplicou, para nunca deixar morrer a festa de Natal das crianças em Vila Cova de Alva.

A filha desse senhor, mãe também, tal como todas as outras mães mencionadas, jamais podia deixar de se unir em prol do apelo que foi feito, por esse senhor, à sobrinha, e associar-se, juntamente como todas as outras suas grandes amigas a tão nobre causa, só por ser também um dos membros da Junta de Freguesia.

A todas estas minhas grandes amigas e a todas as outras pessoas que nos bastidores também ajudaram para que a festa fosse possível, Dr.ª Margarida Figueiredo e Senhor Moura, que nos ajudou a presentear a população com um lindíssimo Presépio de Natal que continuará exposto até ao dia dos reis na casa do Povo, aos pais das crianças que ajudaram os filhos a decorar os seus papeis para o teatro e a encontrar os fatos para eles vestirem, à Angel e aos pais da Angel que ajudaram nos seus ensaios, aos pais das crianças e às crianças de Vinhó que disponibilizaram as suas crianças para fazermos uma pequena brincadeira, ao meu Primo Manuel do Raro, que nos forneceu os fardos de palha e o borreguinho que ajudou à festa, à Santa Casa da Misericórdia/Centro do Dia, que todos os anos tem contribuído graciosamente para a festa com os tradicionais sonhos de natal, à Casa do Povo que muito trabalhou para que o espaço estivesse disponível para o evento, ao João Loureiro que também foi impecável, na ajuda que nos proporcionou….a todos os que compraram as nossas rifas e a todos os demais que não nomeei por mero lapso, mas também a todos os que estiveram presentes na festa e a ajudaram a fazer, O NOSSO MUITO OBRIGADO!

Sem vós, por muito que quiséssemos, a festa não era possível!

Se Deus quiser, para o ano que vem, com ou sem a ajuda da Junta de Freguesia, às nossas crianças e à população da freguesia em geral, asseguramos que haverá novamente FESTA DE NATAL – como é já nossa tradição!

MUITO OBRIGADA A TODOS!!!

Ao Pai Natal peço que lhe traga uma caixa cheia de bom senso e discernimento para que possa desempenhar melhor os vários desafios que aceitou na nossa comunidade.

A mãe do Gabriel, Cidalina


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Dezembro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

17
18

25

27
30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds