publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 07 Setembro , 2010, 11:29

Nem trovoada, nem vento, nem grande chuva. Caíram uns pingos e… foi o bastante.

Uma vez mais Vila Cova às escuras.

Tudo começou por volta das sete da tarde. Quebras sucessivas de corrente eléctrica, em número que até às nove horas se totalizou pela vintena. Depois, a partir das nove até cerca da meia-noite um apagão total.

Eis Vila Cova de Alva (e umas mais povoações das cercanias) em pleno século XXI.

Hoje de manhã o acontecimento, com protestos e indignação, ainda era falado. “É de mais, está sempre a acontecer”, ouve-se.

Logo à noite já poucos se lembram.

E um outro apagão, mais um, vai seguir-se brevemente…

 

Nuno Espinal


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Setembro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9

14
18

23
25

27


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds