publicado por Miradouro de Vila Cova | Quarta-feira, 25 Agosto , 2010, 12:29

Em agenda mais um almoço da Malta. E a expressão “Malta” assume aqui o sentido do somatório de vários grupos geracionais das “Maltas”. As Maltas dos anos sessenta, dos anos setenta, dos anos oitenta, de anos anteriores, de anos posteriores.

 

Mas afinal o que é ser-se da “Malta”?

 

Não existe nem estatuto vinculativo, nem definição pré construída. É-se da “Malta” porque se militou e milita a “Malta”.

Há um núcleo duro, um núcleo original de cada extracto temporal da “Malta”.

 

Depois há os que foram entrando, os que vão entrando, mas que se ligam e têm ligado porque adquirem naturalmente o espírito da “Malta”.

 

Por isso, ser-se da “Malta” é ter-se-lhe o espírito próprio do grupo, espontaneamente adquirido em muitos anos, revivido de um passado de marca e reelaborado por contingências específicas do tempo, mas sem nunca desvirtuar a memória, que é a génese e a razão de se ser da “Malta”.

 

Mais um almoço da “Malta”. Um encontro, este, determinado em torno de uma mesa em que fumegará uma “caldeirada”.

 

Mas para além do gosto do pitéu que se saboreará, para além do bem-estar do convívio que acontecerá, um qualquer almoço da Malta é como que um ritual, com simbologias próprias. A própria caldeirada, ou seja, o prato em que acomodarão os ingredientes culinários típicos e do preceito, é como que um símbolo, adquire como a sacralização de um “totem” porque foi sempre uma das principais escolhas de almoços da “Malta”.

E, por assim ser, adquire pelas recordações, pelas memórias, a força e a natureza da simbologia, uma como divinização, que nos reforça o espírito, a solidariedade a coesão de grupo.

 

E os amigos, os convidados à caldeirada, que sejam Bem-Vindos.

 

Nuno Espinal


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Agosto 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9


28



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds