publicado por Miradouro de Vila Cova | Domingo, 22 Agosto , 2010, 19:33

É incrível que um artista da craveira de Laurent Filipe só agora tenha pisado palcos da própria região da qual é oriundo por laços familiares.

Diz-se que o facto de Laurent ter o nome ligado a Coja, por via da família, contribui para uma certa reserva das sucessivas edilidades do município em o contratar, considerando a velha rivalidade entre as duas terras e o peso superior de Arganil, enquanto localidade, nos desígnios do concelho.

Não vou tanto por aí. Julgo que o género musical que Laurent Filipe defende, o jazz, é a principal razão de um certo desencorajamento na sua contratação.   

Mas esta visão mercantilista padecerá de um erro de análise. Afinal a Praça Simões Dias, local onde Laurent Filipe actuou, encheu-se até mais não de um público que, completamente preso ao espectáculo, demonstrou que o Jazz tem lugar em Arganil.

Ainda bem que assim foi. Porque esta noite de grande adesão de público foi bem merecida não só por Laurent como pelos músicos que o acompanharam e ainda por Anabela, que interpretou velhas canções conhecidas do cancioneiro da música ligeira portuguesa, em toada e fundo jazístico, que só vieram engrandecer o gosto com que estas velhas melodias ainda são ouvidas.

Sem dúvida que esta jornada de Sábado das “Noites de Verão” 2010 foi de todas a de maior qualidade.

 

Nuno Espinal

 


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Agosto 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9


28



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds