publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 09 Agosto , 2010, 12:18

Vila Cova vive a sua habitual época estival. Gente de fora preenche ruas da terra e, em determinadas horas do dia e da noite, burburinha levemente a habitual pacatez que é seu timbre durante o ano.

Mas, este pequeno bulício é fugaz e não belisca o barulhar tranquilo da natureza, que, de verde imperial, emoldura o casario da vila e, vista cá de cima, é sempre um verdadeiro hino e festa para os olhos.

 

Nuno Espinal       


comentários recentes
As nossas condolências para a família toda.Frenk e...
" Ser Poeta ė ser mais alto...(Florbela Espanca)Qu...
Caro Nuno: Gostei muito. Aliás não esperava outra ...
Demasiado jovem para partir.Que descanse em paz.
Sentidos pêsames a toda a família. Muita força e c...
Boa tarde. Qual é o valor em ml de 2/5 de azeite?
Muito bem! Gostei. Contudo falta referir muitos pe...
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
Agosto 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9


28



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds