publicado por Miradouro de Vila Cova | Sábado, 03 Julho , 2010, 18:29

Terminadas as festas do S. João, coincidentes este ano com a vinda de muitos forasteiros do grupo da malta, tudo retorna à acalmia que caracteriza a grande maioria dos trezentos e sessenta e cinco dias do ano.

Agosto, contudo, receberá algumas visitas e o movimento dos dias e das noites trará por certo outra animação a Vila Cova. E, então, é quase certo que se organizem as típicas patuscadas, que desde sempre são momentos prazenteiros na reunião de familiares e amigos. É, para os portugueses, uma secular característica esta a da confraternização a pretexto de um bom petisco.

Perderam-se, todavia, expressões da sua afirmação e tradição. Por exemplo, os populares piqueniques do dia de S. João. Noutros tempos o povo inteiro acorria ao Alqueidão e os farnéis eram saboreados antes do aguardado confronto que, a final, opunha o foguetório dos de Vila Cova contra os do Barril.  

Entretanto, proibiram-se os foguetes por determinação, compreensível, dos poderes competentes. Só que os piqueniques de S. João ninguém os proibiu. E que é deles? Um ou outro em ténue traço do fio da história e tradição. E nem tarda que sejam só uma recordação…

 

Nuno Espinal


comentários recentes
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
O post anterior é assinado por mim Nuno Espinal
Não estive presente no jogo e nunca afirmo o que n...
Julho 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9


24



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds