publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 27 Abril , 2010, 19:17

 

Maestro António Simões

 

 

 

 

 

 

Nuno Alexandre e José Augusto

 

A surpreendente constatação que se retira do concerto de Domingo é que a Flor do Alva, para além do salto qualitativo na sua capacidade musical, está neste momento recheada de jovens que, com um apreciável domínio dos instrumentos, se aventuram em “solos” e o fazem irrepreensivelmente.

Foi isso que provaram alguns dos jovens, formados na escola da Flor do Alva, como o Nuno Alexandre em trombone, a Daniela em trompete, a Liliana Vanessa em flauta, a Dora Cristina em clarinete e a Rute Andreia em Sax-Alto. Mas, há a ainda a destacar o José Augusto Fernandes, em tuba, que integrou o Quinteto de Metais.

Outros jovens, vindos de outras escolas, foram figuras de destaque neste Concerto da Primavera da Flor do Alva como Maria Fernanda, Sérgio Simões e Fernando Fonseca em trompete, Joana Nogueira em acordeão, Sérgio Pinto, Inês Pinto e Márcia Silva em clarinete e Eng. Nuno Pinto em flautim.

O concerto relevou ainda algumas figuras para além das já referidas, como o já imprescindível Sr. Artur Fonseca que, após um solo no seu Sax Tenor, foi homenageado pela direcção da Flor do Alva, com a oferta de uma lembrança e o reconhecimento do seu empenhamento para com a Filarmónica, com uma grande salva de palmas, de toda a assistência presente no Salão da Casa do Povo.

Mas o grande triunfador da noite, também ele obsequiado com uma lembrança pela Direcção, seria justamente o maestro António Simões, a quem se deve grande parte do êxito deste concerto da Flor do Alva. Saber, entrega, liderança e um lidar humanista com os músicos são qualidades que o definem e a justificação do actual êxito da Flor do Alva.

Obviamente, nesta tarde de triunfadores, a Direcção no seu todo é merecedora, também, dos maiores elogios, com um especial destaque para o seu Presidente, que de forma sábia e empreendedora tem conseguido elevar a Flor do Alva a cotações impensáveis, quando, há uns anos atrás, muitos vaticinavam a sua extinção.

 

Nuno Espinal

    

 

 

 Eng. Nuno Pinto (flautim)

 

 

Joana Nogueira e Liliana

 

 

Rute Andreia

 

 

Sérgio Pinto, Inês Pinto, Dora Cristina e Márcia Silva

 

 

Artur Fonseca

 

 

Quinteto de Metais: Outro dos triunfos da tarde

 

 

A Santa Casa patrocinou as t-shirt do Coro Infantil

 

Próximo:Outros apontamentos


publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 27 Abril , 2010, 01:05

Somos um grupo de jovens ex-alunos da Professora Gininha que, em colaboração com a Junta de Freguesia, estamos a desenvolver uma surpresa, que a devido momento será divulgada neste “site”.

Assim, por forma a podermos desenvolver algumas ideias, solicitamos a colaboração de todos os ex-alunos da Professora Gininha, para que nos enviem fotos de tempos de escola, que tenham na sua posse.

As fotos deverão ser-nos enviadas por “e-mail” para andreia.paiva@iol.pt

Agradecemos a colaboração de todos quantos possam contribuir para com esta iniciativa.


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Abril 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9


23



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds