publicado por Miradouro de Vila Cova | Segunda-feira, 05 Abril , 2010, 02:22

Foram muitos os vilacovenses que se espaçaram pelas Tílias, Meda e Chafariz de S. Sebastião aproveitando a amenidade da tarde solarenga de Domingo, enquanto um constante tilintar ia localizando os que transportavam a imagem de Cristo, nas andanças da Visita Pascal.

Muita gente de fora, nestes dias de Páscoa, a dar algum safanão na calmaria rotineira dos demais dias.

Dos actuais jeitos pascais, de igual ao passado, talvez só o som da sineta. Lá iam, então, o padre Januário e o sacristão Luís Tareso, casa a casa, deixar as rezas próprias, recebidos respeitosamente, gente ajoelhada, o beijo em Cristo, mesas fartas do possível, nesses tempos fartos de miséria.

Cai o pano em mais uma Páscoa. Ainda assim vai-se mantendo a tradição. Alguém disse: A Tradição do possível…

 

Nuno Espinal

 


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Abril 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9


23



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds