publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 30 Março , 2010, 12:52

É da praxe: Quando termina o campeonato do Inatel (1ª fase) dirigentes e jogadores do Vilacovense reúnem-se num jantar para confraternizarem. Quase todos presentes (ausência de quatro jogadores por motivos profissionais) e um ambiente de festa e grande camaradagem. De resto, os ingredientes foram de sobra para que este convívio se concretizasse em pleno. Uma época em grande, com a qualificação para a fase seguinte conseguida, a amizade entre todos a ser soberana e relações pessoais e institucionais sem máculas a registar.

Houve os tradicionais e imprescindíveis discursos. Dois a assinalar. O do treinador Wilson (e também jogador), que manifestou a esperança de todos os jogadores estarem presentes no próximo dia 18 para o muito difícil confronto com a equipa do Brasfemes. Curiosa a referência e o gesto de Wilson para com o guarda-redes Paulo Henriques. É que Paulo Henriques tem um ar um tanto “punk”, pelo corte de cabelo e pode aparentar uma atitude algo “néglengicé”. Este aparato terá assustado, inicialmente Wilson. Mas os receios desvaneceram-se com o tempo, já que Paulo Henriques revelou boas qualidades humanas no relacionamento,  e a comprová-lo o treinador do Vilacovense decidiu-se a oferecer a Paulo Henriques uma lembrança pessoal (uma medalha), meramente simbólica, mas que consubstanciasse um gesto que quis que fosse testemunhado por todo o grupo.

Também discursou o Presidente do Vilacovense, Carlos Antunes, que agradeceu a todos os jogadores a espectacular época realizada. Ainda assim, toda a “bela tem um senão” e o senão da época do Vilacovense terão sido os resultados das últimas quatro jornadas. Mas há que apagar este momento menos conseguido e a melhor forma de o fazer será, nas palavras de Carlos Antunes, com uma boa exibição no jogo contra o Brasfemes.

 

 

Nuno Espinal/Fábio Leitão

 

 


publicado por Miradouro de Vila Cova | Terça-feira, 30 Março , 2010, 12:37
E o Padre Cintra disse: Vamos em Paz, em Peregrinação, tal como Cristo ao encontro do Pai. Iniciava-se então a Procissão, antecedida da bênção dos ramos de loureiro, no átrio da Igreja do Convento.

Depois seria a Missa na Igreja Matriz.

Cumpria-se uma vez mais a Tradição, neste Domingo de Ramos do ano de 2010.


comentários recentes
O meu profundo sentir á minha querida amida Sra D....
os azulejos lhe davam valor e beleza. muito perdeu
Pode publicar. Achamos importante que o faça. Obri...
É uma informação muito importante.Espero que não s...
O texto relaciona.se, de facto, com minha tia e ma...
Sim, de facto Maria Espiñal, minha tia, era escrit...
Minha Mãe sempre me disse que a madrinha dela era ...
Uma foto lindíssima.
Olá :)Estão as duas muito bonitas.Ainda bem que a ...
PARABÉNS à nossa FILARMÓNICA!
Março 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





pesquisar neste blog
 
subscrever feeds